Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009
Argumentos Oliveirianos (2)

 

O Daniel Oliveira indignou-se com o facto de José Adelino Maltez ter dito, na SIC Notícias, que a corrupção é tanto menor quanto menos Estado houver. A partir daí fez um esforço intelectual e encontrou um argumento capaz de provar o contrário:

 

"entre os países com menor corrupção estão a Dinamarca, a Suécia, a Finlândia, a Islândia e a Noruega. Exemplos de economias e sociedades com pouca presença do Estado, supõe-se. Entre os países com mais corrupção estão o Haiti, o Iraque, o Sudão, o Afeganistão e a Somália"

 

O argumento é bom, embora o facto de nevar muito na Dinamarca, Suécia, Finlândia, Islândia e Noruega também possa explicar os baixos índices de corrupção. Ou talvez seja pelo facto de falarem línguas nórdicas. Ou pelo facto de haver muitas pessoas de olhos azuis. Ou por serem altos. Por outro lado, o calor que se faz sentir no Haiti, Iraque, Sudão e Somália pode ser a causa dos altos índices de corrupção nesses países. Ou o número de mosquitos. Enfim, quando se compara o incomparável todas as justificações são possíveis.

 

 

Se o Daniel não tivesse medo do desconhecido e por uma vez na vida experimentasse essa estranha sensação de ser intelectualmente honesto, iria comparar estados de equivalente nível de desenvolvimento, culturalmente semelhantes, e usar critérios objectivos para medir a dimensão do Estado e os níveis de corrupção. Assim, talvez fosse possível tirar alguma conclusão minimamente séria.

 

 

 

 

 

 

 



publicado por thestudio às 03:17
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Argumentos Oliveirianos (1)

 

O Daniel Oliveira esteve a analisar os resultados do referendo Suiço sobre a construção de minaretes e constatou que os cantões com mais eleitores muçulmanos foram precisamente aqueles em que mais se votou contra a proibição. A partir daí raciocinou que onde a cultura Islâmica é melhor conhecida as pessoas não se opõem à construção de minaretes e concluiu que quem votou contra o fez por medo ao desconhecido.

 

O argumento do Daniel faz todo o sentido. Se o referendo tivesse sido levado a cabo num país onde há um profundo conhecimento sobre a cultura Islâmica, como na Arábia Saudita por exemplo, é pouco provável que o "não" à construção de minaretes tivesse ganho



publicado por thestudio às 02:56
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009
Circus day

 

 

 

O blog 5dias está a promover uma manifestação contra Berlusconi. Citanto Luis Bonifácio na caixa de comentários, trata-se de "Um cartaz escrito em INGLÊS a convocar para uma manifestação em PORTUGAL, a pedir a demissão do Primeiro-Ministro de ITÁLIA!" Alegam que Berlusconi anda metido em trapalhadas, que é suspeito de corrupção e que controla a comunicação social. Dado que a manifestação é apoiada por cidadãos regardless of their political beleifs (presumo que sejam beliefs), o mais provável é que estejam presentes por lá muitos apoiantes de José Sócrates.

 

 

 



publicado por thestudio às 06:24
link do post | comentar | favorito

Sábado, 13 de Junho de 2009
O cúmulo da cretinice (2)

 

 

Um jovem, por certo bem instruído naqueles acampamentos do BE onde se fumam umas ganzas e se fazem lavagens cerebrais ministram módulos de educação cívica à juventude, saíu em defesa das teses do emplastro. Diz o jovem que,

 

"Rui Tavares não pede luxos, para os habitantes de bairros sociais, mas sim condições de vida minimamente dignas.  A sociedade tem o dever de se nivelar a si própria e por cima."

 

 

Tanto quanto nos foi dado a ver na televisão, as casas na Quinta da Fonte parecem perfeitamente dignas. Os habitantes das referidas casas dispunham inclusivamente de play-stations e de TVs de plasma. Se essas não são condições dignas, o que são condições dignas? Já o Bairro da Bela vista foi descrito por uma moradora de Setúbal como um bom bairro (antes de chegarem os actuais moradores) ao mesmo tempo que a especialista em bairros sociais Fernanda Câncio escrevia nas páginas do DN que a Bela Vista se encontra integrada na malha urbana de Setúbal sendo um bairro ao qual nada falta.

 

Porém, reconheço que há em Portugal muita gente cuja habitação não tem condições dignas. Basta estar atento à comunicação social e ver as reportagens que se repetem sobre o assunto. Trata-se sobretudo de idosos que vivem em zonas antigas de quase todas as cidades e também de populações rurais quem vive em habitações sem um mínimo de condições. Mas esses, por alguma razão, estão fora da vista dos nossos grandes intelectuais de Esquerda.

 

 

No entanto, a pura repetição da cassete dos bairros sociais é apenas mais uma cretinice entre tantas. O que de facto a notabiliza aqui é a sua conjugação com as outras duas posições defendidas pelo futuro eurodeputado Rui Tavares. Uma,  defendeu o direito de qualquer habitante de qualquer parte do mundo poder vir viver para Portugal e instalar-se nos nossos bairros sociais e depois disso, defendeu que Portugal se endividasse para melhorar as condições de vida nos bairros sociais.

 

 

 

 



publicado por thestudio às 15:35
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 2 de Junho de 2009
Nova causa fracturante: Combate ao heterossexismo

 

Os intelectuais do Bloco já descobriram uma nova causa fracturante. Trata-se do combate ao heterossexismo, um conceito recentemente inventado para suprir a escassez de causas e para entreter os sociólogos nos dias sem manifestações, e que foi dado à luz recentemente em Portugal pelo iluminado Bruno Maia que não sei quem é.

 

Mas afinal o que é o heterossexismo? A resposta é dada por Eduarda Ferreira, especialista em relações lésbicas: "refere-se à ideia de que a heterossexualidade é a orientação sexual “normal”".  Acrescenta ainda a autora, que o heterossexismo não encara a homossexualidade como  um dos aspectos possíveis na diversidade das expressões da sexualidade (eu gostava de escrever assim). Ora  tod@s os que lêem o Esquerda.net, como é o meu caso, sabem que a heterossexualidade não é normal. Normal, normal são os LTGB.

 

Um outro site, de autor ou autora anónimo ou anónima, explica que o conceito não nos é familiar porque ainda é muito recente, e como tal ainda não foi leccionado nos acampamentos do Bloco, presume-se. O heterossexismo é-nos aqui apresentado como o cruzamento entre o sexismo e o racismo e não fala nos aspectos possíveis na diversidade das expressões.

 

 

Mais avançados vão os LGTB Brasileiros. Lá já existem palestras subordinadas ao tema "Lesbianidades, diversidade e enfrentamento ao heterossexismo”.

 

 

O combate ao heterossexismo é portanto uma causa que merece destaque e esperemos que o Bloco coloque rapidamente a questão na agenda política para que os nossos deputados não andem a perder tempo com palermices como a crise, o desemprego e a fome.

 



publicado por thestudio às 05:16
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2008
Flash mob pelo acesso ao casamento civil

Divulgo aqui mais uma iniciativa (via 5dias, obrigado Ana Matos Pires) que visa o acesso de todos ao casamento civil: Trata-se de duas "flash mobs" que vão decorrer,

 

Quinta-feira, 2 de Outubro, às 19h30, em frente à pastelaria “A Brasileira”

 

Quarta-feira, 8 de Outubro, às 19h30, na Praça do Rossio

 

 

O que é uma “flash mob”? São multidões de pessoas, num sítio público, que realizam uma acção previamente combinada e que devem dispersar por completo após a realização do proposto.


Que devo fazer? Levar uma folha em branco e uma caneta. Usar um cone colorido sobre a cabeça, uma bola vermelha no nariz e calçar uns sapatos de número muito superior ao teu. Às 19h30, escreves na folha em branco “O Fascismo não passará” e, de seguida, diriges-te às câmaras de televisão presentes nesta iniciativa surpresa e gritas histéric@ "O rabo é meu". Ao fim de um minuto finges que dispersas, como se nada tivesse acontecido, e ficas por por lá para fumar uns charros e confraternizar com os camaradas.



publicado por thestudio às 15:50
link do post | comentar | favorito

Contacto

 thestudio@sapo.pt

pesquisar
 

PARTIDOS DEMOCRÁTICOS PORTUGUESES:

_______

 BLOGS

Abrupto
Anjos e Demónios
Arrastão
Atlantys

 

Biblioteca de Babel
Bichos Carpinteiros
Biodesagradaveis
Blasfémias
Blog Anti blog
Boas intenções

 

Causa Nossa
Cegos Surdos e Mudos
Cinco Dias
Confraria do Atum

 

Demokratia
Diário de uma Boa Rebelde
Do Portugal Profundo

 

Faccioso

 

Gengibre Lilás
Grande Loja do Queijo Limiano

 

Império Lusitano
Impertinências
It's a Perfect Day Elise

 

Jardim do Arraial

 

Legião Invicta
Letras com Garfos
Lusitânia 88

 

Máquina Zero

 

Nova Frente

 

Observatório da Jihad
O Carvalhadas
O Crepúsculo
O Comunista
O Fogo da Vontade
O Insurgente
O Número Primo
O Triunfo dos porcos
O Velho da Montanha

 

Pena e Espada
Pictured Words
Política Maluca
Portvgvesa
Propriedade Privada

 

SG Buiça
Soberania e Nacionalismo
Some like it hot

 

The Flying Circus
Tomar Partido 2
Trinta e um da Armada

 

Último Reduto

 

REST IN PEACE
All pigs must die
Batalha final
Blog17
Blog Anti-Anacleto
Demokratia (antigo)
Dextera Vox
Galeria dos Horrores
O Número Primo (antigo)
Semiramis
Tomar Partido
posts recentes

Argumentos Oliveirianos (...

Argumentos Oliveirianos (...

Circus day

O cúmulo da cretinice (2)

Nova causa fracturante: C...

Flash mob pelo acesso ao ...

arquivos

Junho 2012

Junho 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSTag cretinices