Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

politicaxix

politicaxix

18.Nov.07

Na defesa de "El Comandante"


A Esquerda Portuguesa tomou a peito a defesa de "El Comandante" Hugo Chávez. Bem... para ser mais preciso eu diria antes a Extrema Esquerda, ou a Esquerda verdadeira, já que do PS tanto se ouviram vozes críticas, como a de António Vitorino, como acalorados apoios, como o de João Soares.

De entre os indefectíveis defensores de Hugo Chávez ganhou notoriedade a dupla de intelectuais de vanguarda composta pelos ex-barnabés Daniel Oliveira e Rui Tavares. Não querendo aparecer excessivamente colados à imagem de El Comandante venezuelano, Oliveira e Tavares adoptaram a estratégia de disparar em todos quantos criticassem Chávez, ao mesmo tempo que tentavam aparentar algum distanciamento. Daniel Oliveira chegou mesmo a dizer que preferia ver a Venezuela ser governada por outro (ditador da mesma linha política, entenda-se) ao passo que Rui Tavares se referiu ao seu populismo, como se não se tratasse de uma redundância num governo de Esquerda.

A grande arma desta dupla foi a indignação perante todos aqueles, como a inditosa Helena Matos, que tiveram a infelicidade de tratar Chávez por ditador. Logo Chávez, repetiram vezes sem conta, que chegou ao poder vencendo as eleições. Tal como Hitler e Mugabe, acrescente-se. Bem, mas o que está em causa é se vencer umas eleições é condição suficiente para que alguém possa ser considerado um democrata. E na realidade parece que não. Hugo Chávez comporta-se em tudo como alguém eternizado no poder. Todos os elementos que caracterizam as ditaduras se encontram presentes no regime de Chávez, incluindo o encerramento da comunicação social hostil e mais recentemente ataques a tiro contra os estudantes que lutam contra a consumação da ditadura.

Hugo Chávez define-se ele próprio como sendo "Socialista e Revolucionário", sendo que revolucionário é antónimo de democrata. É preciso ser-se mais claro?

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2006
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2005
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub