Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

politicaxix

politicaxix

14.Nov.07

Hugo Chavez (e o incidente na Cimeira Ibero-Americana)



Os Factos:

    Na recente XVII Cimeira Ibero-americana, entre outras provocações, na sua intervenção o Presidente Venezuelano Hugo Chavez apelidou o ex-Primeiro Ministro Espanhol Jose Maria Aznar de fascista. No uso da palavra, o actual Primeiro Ministro Espanhol Zapatero tentou pedir mais respeito, sendo que as suas vãs tentativas esbarraram num obstinado Hugo Chavez que não se calou por um momento, mesmo tendo o seu microfone desligado. A tal ponto, que o sempre calmo Rei de Espanha D. Juan Carlos acabou por perguntar ao presidente venezuelano "porque não se cala ?".

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Este incidente é na realidade um incidente menor, mas que acabou por marcar definitivamente a cimeira. A única coisa que transpareceu para a opinião pública foi uma inultrapassável divisão entre os estados Europeus (Espanha e Portugal) e os Socialistas (Venezuela, Cuba, Bolívia e Nicarágua) com os restantes de permeio.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Hugo Chavez vê-se a si próprio como sendo a referência do Socialismo do Sec. XXI. E, diga-se em abono da verdade, ele é hoje a face da Esquerda mundial. Nomes como Lenine, Estaline, Mao, Che Guevara e Fidel Castro marcaram a Esquerda do Sec. XX. E hoje? Quem é visto a nível mundial como "o líder da Esquerda"? Hugo Chavez assumiu esse papel sem que ninguém o mandatasse para tal. Mas a verdade é que está a ser bem sucedido.

    A sua estratégia é simples: em primeiro lugar, apoia todos os "povos desfavorecidos", que acabam por lhe dar apoio, ao mesmo tempo que ataca virulentamente os Estados Unidos e seus aliados, granjeando-lhe apoios entre os americanófobos de todo o mundo. Em segundo lugar, tenta provocar, e com sucesso, incidentes em todas as reuniões internacionais em que participa. Desta forma, tem os holofotes da comunicação social mundial sobre si. Por fim, e talvez mais importante que tudo, mantém uma amizade muito estreita com o quase finado líder cubano Fidel Castro. Esta amizade ínitima não é inocente: ela simboliza a passagem de testemunho do último grande líder Socialista do Sec. XX para o primeiro grande líder Socialista do Sec. XXI.

O incidente na cimeira Ibero-Americana é apenas mais um passo no percurso de Chavez para o Olimpo Socialista. Hoje, é ele a face visível da Esquerda mundial.






1 comentário

Comentar post

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2006
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2005
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub