Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

politicaxix

politicaxix

23.Out.07

Rui Tavares acredita que o Sol gira em volta da Terra

A afirmação de James Watson, Nobel da medicina em 1962 e tido como o “pai da genética”, segundo a qual os negros são menos inteligentes do que os brancos, continua a suscitar reacções. Ergue-se agora a voz do historiador Rui Tavares, conceituado intelectual da Esquerda progressista e farol do pensamento politicamente correcto neste canto lusitano. Em texto publicado no 5 dias pela mão de Fernanda Câncio, Rui Tavares aborda dois temas pertinentes: Primeiro, o da veracidade das afirmações de James Watson e segundo, a questão da Liberdade de Expressão.

 


Rui Tavares alinha pelo mesmo diapasão que a generalidade dos indignados com as palavras de Watson: As suas afirmações não podem ser aceites pois não provou o que disse nem citou artigos científicos que o provassem. O facto das afirmações de Watson surgirem no decorrer de uma conversa em que era entrevistado, e de neste tipo de conversas não se fazerem usualmente provas científicas nem referências a artigos científicos é aqui perfeitamente irrelevante. Mas já as palavras do mesmo James Watson dias depois, (presume-se que livre de quaisquer pressões) desmentindo o que dissera, convenceram completamente o Rui Tavares. Isto, claro, apesar de não terem sido apresentadas quaisquer provas ou quaisquer referências a artigos científicos. Muito provavelmente, Rui Tavares acorda ainda todos os dias convencido que o Sol gira em volta da Terra, satisfeito com o desmentido de Galileu.

 

 

No que diz respeito à Liberdade de Expressão, o Rui Tavares tem toda a razão. Ninguém impediu James Watson de dizer nada, apenas cancelaram a sua palestra no Museu de Londres e o expulsaram dos cargos que ocupava. Portanto, o “Politicamente Correcto” não pode ser acusado de limitar a Liberdade de Expressão. O Dr. James Watson apenas foi perseguido por ter emitido uma opinião que colide com os dogmas politicamente correctos, mas isto entra no campo das perseguições políticas e não da liberdade de expressão. Neste ponto estamos inteiramente de acordo.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2006
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2005
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D