Quarta-feira, 30 de Março de 2005
As primeiras vítimas do Marxismo
Karl Marx, inventor do Socialismo e divindade inspiradora do Bloco de Esquerda e do Partido Comunista Português, nasceu a 5 de Maio de 1818 em Trier na antiga Prússia, hoje Alemanha. Em 1843 casou-se com a jovem Jenny von Westphalen, filha de um rico aristocrata, o Barão von Westphalen. Marx começou então a governar a sua casa e pode dizer-se que, em rigor, foi este o primeiro governo Marxista da História.

O socialista/despesista Marx, eventualmente relembrando tempos mais recentes, rapidamente gastou todo o avultado dote da sua esposa. Pouco depois Marx e família viviam já na mais Franciscana das pobrezas, estando completamente dependentes da ajuda externa, nomeadamente do seu amigo Engels que frequentemente lhes emprestava dinheiro. Marx e Jenny tiveram sete filhos, dos quais quatro não sobreviverem até à idade adulta, tendo três deles (as primeiras vítimas do Marxismo) falecido por falta de cuidados básicos como sejam carências alimentares ou de medicamentos. Marx era também um indivíduo quezilento, que se envolvia frequentemente em guerras e conflitos, tendo uma vez sido ferido num olho e tendo outros casos perdurado em tribunal. Marx abusava ainda do tabaco e do álcool, as drogas da altura, tendo os últimos anos de sua vida ficado marcados pela doença, nomeadamente pela bronquite.

Resize of marx2.jpg

Sumariando, conclui-se que esta primeira experiência Marxista ficou marcada por guerras e conflitos, pela doença e pelo abuso de drogas. A fome e a pobreza foram generalizadas, e a taxa de mortalidade infantil e na adolescência foi de 57,1% tendo 75% dessas mortes sido consequência da subnutrição e da falta de medicamentos.
Valeu a ajuda externa e o endividamento.

Os camaradas do BE e do PCP que não desanimem pois já ficou provado que um regime Marxista pode conseguir melhores registros. Um bom exemplo disso é o da Coreia do Norte, onde o presidente Kim Il Sung, idolatrado e com razão pelo líder da bancada comunista Bernardino Soares, conseguiu restringir a fome a 70% da população do país.

Marx, um exemplo a seguir.


publicado por thestudio às 03:23
link do post | favorito

De tchernignobyl a 2 de Abril de 2005 às 12:29
parabéns, o blog é efectivamente um "case stud(io)" de hilariedade


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Contacto

 thestudio@sapo.pt

pesquisar
 

PARTIDOS DEMOCRÁTICOS PORTUGUESES:

_______

 BLOGS

Abrupto
Anjos e Demónios
Arrastão
Atlantys

 

Biblioteca de Babel
Bichos Carpinteiros
Biodesagradaveis
Blasfémias
Blog Anti blog
Boas intenções

 

Causa Nossa
Cegos Surdos e Mudos
Cinco Dias
Confraria do Atum

 

Demokratia
Diário de uma Boa Rebelde
Do Portugal Profundo

 

Faccioso

 

Gengibre Lilás
Grande Loja do Queijo Limiano

 

Império Lusitano
Impertinências
It's a Perfect Day Elise

 

Jardim do Arraial

 

Legião Invicta
Letras com Garfos
Lusitânia 88

 

Máquina Zero

 

Nova Frente

 

Observatório da Jihad
O Carvalhadas
O Crepúsculo
O Comunista
O Fogo da Vontade
O Insurgente
O Número Primo
O Triunfo dos porcos
O Velho da Montanha

 

Pena e Espada
Pictured Words
Política Maluca
Portvgvesa
Propriedade Privada

 

SG Buiça
Soberania e Nacionalismo
Some like it hot

 

The Flying Circus
Tomar Partido 2
Trinta e um da Armada

 

Último Reduto

 

REST IN PEACE
All pigs must die
Batalha final
Blog17
Blog Anti-Anacleto
Demokratia (antigo)
Dextera Vox
Galeria dos Horrores
O Número Primo (antigo)
Semiramis
Tomar Partido
posts recentes

...

Melhor marcador do Euro 2...

Euro 2012 odds

Xadrex Comb. (1)

A um amigo que discorda (...

Aventuras do Eng. Pinóqui...

Hello Boys !!

Assim vai Portugal

Acampamento de jovens do ...

Coincidências

arquivos

Junho 2012

Junho 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários