Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

politicaxix

politicaxix

02.Jun.05

Não à Constituição Europeia

naoaconstituicao.gif
O Blog Política XIX adere à campanha do NÃO à Constituição Europeia.


Há várias razões, todas elas muito fortes, para votar “Não” no referendo a realizar em Portugal sobre a Constituição Europeia. As principais razões encontram-se expostas a seguir:


1) Existe um claro “divórcio” entre os eurocratas e a população. A linguagem que eles falam não é a linguagem que os eleitores entendem, mas mais grave que isso é o facto de os eleitores não confiarem minimamente nos eurocratas. Não tendo os eurocratas capacidade para justificar convenientemente a nova constituição, nem tendo os eleitores confiança neles, naturalmente que não lhe podem passar um cheque em branco.

2) A segunda razão, é a falta de democracia associada a todo este processo. Os eurocratas tomam decisões contrárias à vontade da população quando na realidade deveriam estar lá a representar essa mesma população. A questão da Turquia é um exemplo eloquente. Alguém perguntou aos Europeus se queriam a Turquia na UE? Se os Europeus não querem a Turquia na UE porque razão os eurocratas tomaram precisamente a decisão oposta, a de aceitar a adesão da Turquia?
Mas este é apenas um exemplo, que demonstra que a vontade popular, para estes senhores, não conta para nada.

3) A terceira razão, é a de que a UE anda claramente à deriva. Ninguém sabe porque certas decisões são tomadas, nem mesmo os próprios eurocratas que as tomam. Os eurocratas são uma espécie de Maria-vai-com-as-outras, e quando parece que a decisão se vai inclinar para um dado sentido, ou quando uma dada decisão é a que “parece que fica bem” e é “politicamente mais correcta”, essa decisão é tomada sem que ninguém saiba porquê, e sem que os eurocratas se consigam justificar. Ou seja, a UE anda, mas sem rumo.

4) A quarta razão, é a de que a entrada da Turquia na UE vai ser o fim da União Europeia. Qualquer pessoa com dois olhos na testa compreende que tal é uma catástrofe, tanto no plano económico como no político, já para não falar de valores. Esta adesão de um gigante Islâmico vai simplesmente tornar a Europa numa gigantesca Palestina. Nenhum eurocrata conseguiu explicar porque razão foi tomada esta decisão desastrosa. Como resultado, metade dos holandeses que votaram Não, votaram Não para evitar a entrada da Turquia.
E eu também votarei.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2006
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2005
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D