Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

politicaxix

politicaxix

24.Abr.07

Infestação de "intelectualóides" - Raquel Louçã Silva

A infestação de tudo o que é órgão de comunicação social por parte de "intelectualóides" da Esquerda Portuguesa é algo com que convivemos no nosso dia a dia. Eles são como os vírus: infiltram-se por todo o lado, multiplicam-se, ocupam os editoriais e as colunas de opinião, adoecem a comunicação social e acabam por matar a verdade.

Hoje vou falar sobre um agente infeccioso que dá pelo nome de Raquel Louçã Silva e que exerce o cargo de editora no jornal "Mundo Universitário", onde semana após semana faz propaganda em favor partido do tio.

A Raquel é uma gaja toda comestível (infelizmente não encontrei a sua foto online nem tive pachorra para digitalizar) "mentorada" pela dMpM da Rede Jovens Igualdade (Não sei o que significa exactamente "mentorar", presumo que seja alguma espécie de lavagem cerebral) e que insere @rrob@s de permeio nas palavras como qualquer activista que se preze.

Esta semana, como não poderia deixar de ser, a menina Raquel fala sobre o 25 de Abril e lamenta que " muit@s há que nem sabem bem do que se fala quando descobrem que o calendário aponta feriado a 25 de Abril ". Nesses muit@s inclui-se naturalmente a própria Raquel Louçã Silva que afirma "A revolução, em 1974, pôs cobro a um regime totalitário encabeçado por Oliveira Salazar".

Dado que a jovem Raquel tem pela frente um futuro auspicioso, embora não no jornalismo, o PXIX decidiu alertar a moça para os riscos que corre ao basear toda a sua cultura geral no Avante, no Esquerda.net e na revista Maria, bem como corrigir-lhe também este inopinado lapso. Eis o texto da missiva:

Cara Raquel

Antes de mais, gostaria de a felicitar pelo seu desempenho como Editora do Mundo Universitário. Não apenas pela qualidade dos seus artigos e pela pertinência dos temas que foca, mas sobretudo porque cabe a tod@s @s que dispõem desses meios, influenciar @s alun@s por forma a que estes tenham opiniões políticas correctas, respeitadoras dos Direitos Humanos e contra o Fascismo. Apenas um reparo, @s revolucionári@s do 25 de Abril não puseram cobro a um regime encabeçado por Oliveira Salazar. Salazar há muito que se havia retirado. Como sugestão, para ilustrar os efeitos do Salazarismo, sugiro-lhe que, por exemplo, compare o desempenho económico do país antes de Salazar, durante Salazar e depois de Salazar. Continuação de um bom trabalho.

PS: E já agora, a menina é toda jeitosa.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2006
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2005
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D