Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

politicaxix

politicaxix

31.Jan.07

A coerência de Sócrates...

O inenarrável Primeiro Ministro de Portugal, o Engenheiro José Sócrates, entrou finalmente em força na campanha eleitoral sobre o aborto, e é caso para dizer que entrou em grande. A primeira coisa que fez foi meter a pata poça, ou, diga-se em abono da verdade, meteu logo as quatro. A primeira coisa que lhe saiu quando abriu a boca foi que “É a penalização até às dez semanas que torna a IVG em aborto clandestino.”. Depois de insistir, insistir e voltar a insistir que o termo “aborto” é incorrecto, parece que o Primeiro Ministro abortou as ideias iniciais e ele próprio tornou a IVG em aborto.

A bem da coerência, é IVG quando convém e é aborto quando não convém. Segundo pode ainda ler-se na comunicação social, “Sócrates considera o aborto clandestino uma «vergonha nacional» e diz-se «entre os portugueses que não se conformam com esta sóbria realidade».”. Pois bem, parece que Sócrates está apostado em que os Portugueses o considerem uma vergonha nacional bem maior que o aborto.

1 comentário

Comentar post

Arquivo

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2007
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2006
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2005
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D