Sábado, 11 de Setembro de 2010
Assim vai Portugal

 

Guineense ilegal viola uma jovem de 20 anos mas sai em liberdade.

 

O violador já tinha sido notificado para abandonar o país, o que evidentemente não fez. Agora continua por aí em liberdade e quiçá viole mais alguma jovem. Notícias como esta mostram quem os ilegais não devem ser notificados para abandonar o país. Devem ser levados ao aeroporto e metidos num avião de regresso a casa, como aliás se faz nos países civilizados.



publicado por thestudio às 13:39
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quarta-feira, 30 de Junho de 2010
Está na altura de voltarem para o país deles

Os incidentes ocorreram depois de a GNR ter recebido, pelas 23:00 de segunda-feira, queixas de moradores contra o barulho excessivo na rua por causa de uma festa. Ao chegar ao local, uma patrulha foi acolhida com insultos e arremessos de pedras, o que a levou a pedir reforços.

 

 

Quem em pleno dia de semana se dedica a confrontos com a polícia pela noite fora é porque certamente não trabalha no dia a seguir. É urgente que algum sociólogo da Esquerda Caviar explique à sociedade os benifícios que esta gente, que veio para cá viver às custas da Segurança Social, traz ao país.

 

 



publicado por thestudio às 01:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Arrastões já não são notícia

"No sábado à noite, um grupo de cerca de 40 pessoas provocou o alarme num comboio na Linha de Cascais, com assaltos e desacatos num comboio que circulava no sentido Lisboa-Cascais, sendo que 15 foram levados para a esquadra e só três ficaram detidos.

O grupo era oriundo de Sacavém e terá entrado numa das estações próximas das praias da linha de Cascais, começando a provocar desacatos e a fazer ameaças, tendo feito pelos menos dois roubos, explicou o oficial de serviço no Comando Metropolitano da PSP de Lisboa no sábado à Lusa.

"Furtaram uma bolsa com dinheiro e um telemóvel, segundo as testemunhas ouvidas, mas admitimos que possa ter havido mais roubos, porque as pessoas foram saindo nas estações”, adiantou."

 

 

Um grupo de 40 "jovens" entra nos comboios da Linha de Cascais ameaçando e roubando todos quantos lhe aparecem pela frente. Já passa despercebido, é assim o Portugal do Sec. XXI.



publicado por thestudio às 00:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 9 de Junho de 2009
Polícia prende, Juíz liberta

 

Felizmente nem todos são racistas, como é o caso de um juíz do Barreiro que mandou libertar o Banana Afro-Português, membro de um perigoso gang, após ter sido detido em flagrante, alegando a sua tenra idade. Banana tem apenas 21 anos.

 

 

"Anteontem, avançaram para os CTT e ameaçaram toda a gente – até um bebé de colo. Após três quilómetros de fuga, foram encurralados na Quinta da Lomba. As detenções da PSP foram feitas após tiros de intimidação.

 

 

Um juiz do Tribunal do Barreiro decidiu ontem libertar ‘Banana Preto’, como é conhecido o suspeito de pertencer ao perigoso gang do multibanco. E o argumento para soltar este assaltante, anteontem apanhado em flagrante pela PSP depois de ter roubado os CTT do Barreiro, foi o da tenra idade, 21 anos"

 

 

Concordo inteiramente com o juíz. Acho que até aos 79 anos todos se pode recuperar. A partir dos 80 é que é mais complicado. Recuperação poderá já não ter alguém em quem o Banana mande um tiro, mas estou certo que o juíz não o tem por vizinho, pode dormir descansado.

 



publicado por thestudio às 02:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 28 de Maio de 2009
Jornalismo de sarjeta

 

 

Após o anúncio por parte do governo que a quota de imigrantes iria ser reduzida no próximo ano,  foi publicada esta semana no jornal Público uma "notícia" sobre imigração. Uma notícia é por definição uma novidade, mas mas esta chegou com dois anos de atraso  e apresenta dados de 2007. O facto da informação ter dois anos de idade não é o único facto estranho. No texto, fala-se das previsões para 2008, "eram 41.530 em 2006. Em 2007, baixaram para os 39.480. Os números de 2008 deverão demonstrar nova diminuição." de onde fica claro que o texto foi efectivamente escrito em 2007.

 

 

Como se explica então o atraso de dois anos na publicação de uma notícia de 2007? Que sentido faz noticiar em 2009 algo que seria novidade em 2007? Há uma resposta simples. O texto é um texto puramente propagandístico, e o mesmo texto ou variações dele podem ser ciclicamente publicados na imprensa por forma a que os leitores assimilem gradualmente a propaganda que se lhes pretende impingir. E se atendermos ao conteúdo da "notícia" e ao amplo destaque que recebeu no Esquerda.net, não é difícil adivinhar qual o partido que está a intoxicar a imprensa escrita.

 

 

Para além de alguns dados, o corpo da notícia consiste basicamente em opiniões de "especialistas", com a activista, perdão, jornalista, a concluir sobre a unanimidade na opinião dos "especialistas". O que a "notícia" não refere é que todos os "especialistas" contactados são autores de estudos encomendados pelo ACIME, entidade governamental que promove a imigração. Tratando-se de estudos encomendados, de estranhar seria se ouvesse divergências. É portanto pura propaganda servida ao público sob a capa de informação.

 

 

 



publicado por thestudio às 00:13
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 19 de Maio de 2009
Vamos ser solidários

 

O caso da Fati, do qual tive conhecimento via arrastão, comoveu-me, faz chorar as pedras da calçada. Vivemos no século da solidariedade, a solidariedade é um dever de todos. Uma pequena contribuição de cada um de nós, não custava nada, e podíamos comprar-lhe um bilhete de avião de regresso lá para a terra dela.

 

A Fati dá uma grande contribuição para o desenvolvimento do país, mas não podemos ser egoístas. Temos que pensar nos outros, e em particular no continente Africano. Não podemos limitar-nos a enviar dinheiro para lá, é preciso mais que isso. África, para se desenvolver, precisa de pessoas que contribuam para o seu desenvolvimento, precisa de pessoas como a Fati. Ficamos todos a ganhar. Fica a Fati, pois lá tem papeis. Fica o continente Africano, pois terá a Fati a contribuir para o seu desenvolvimento. E ficamos nós, pois o desenvolvimento do continente negro é bom para todos.

 

Se de facto queremos ajudar África, e sim queremos, não podemos ser egoístas. Temos que enviar-lhes meios para se possam desenvolver, e em particular aquele que tem sido o motor do desenvolvimento da Europa: Os imigrantes africanos. Todos ficamos a ganhar.

 

 

 

 



publicado por thestudio às 02:07
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 12 de Maio de 2009
Felizmente tomarão conta das nossas cidades.

“Bem lhes podem fechar a porta. Eles entrarão pela janela. Felizmente tomarão conta das nossas cidades (…) "

 

Daniel Oliveira no Expresso, dissertando sobre a imigração.

 

 

 

Bairro da Bela Vista em Setúbal.

 

 

Os sonhos do Daniel estão a tornar-se realidade... ou talvez não, devido à intervenção policial. É totalmente compreensível a hostilidade da Esquerda às forças da ordem.



publicado por thestudio às 15:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sábado, 24 de Janeiro de 2009
Indignação selectiva (2)

" Four men were shot dead and more than 400 died from dehydration and drowning after the Thai army intercepted migrant workers from Bangladesh and Burma "

 

Segundo testemunhas, a guarda costeira Tailandesa intereceptou um grupo de embarcações que transportavam imigrantes do Bangladesh, tendo abatido quatro a tiro, atirando uns quantos ao mar e deixando os outros à deriva. No total, resultaram mais de 400 mortos, mas da boca dos grandes defensores dos Direitos Humanos não se ouviu um pio. Estivessem estes ilegais a tentar entrar na Europa, e bastava que um encravasse uma unha que já teríamos grandes manifestações de rua em defesa da dignidade humana. Ou compare-se a indignação que causaram estas mortes com a causada pelas mortes de Palestinianos em Gaza...



publicado por thestudio às 21:30
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 19 de Agosto de 2008
Taxas de criminalidade: Portugueses vs. Estrangeiros

Recentemente, os blogs da Esquerda Caviar, como o Arrastão e o 5Dias, divulgaram "estudos" segundo os quais a taxa de criminalidade entre os estrangeiros seria igual à dos cidadãos nacionais. Sinceramente, eu não acredito nestes estudos. para o provar, façamos uma resenha dos mais recentes casos mediáticos.

 

- Quinta da Fonte: Cidadãos Portugueses de etnia cigana envolvem-se num tiroteio com cidadãos Portugueses de origem africana. Resultado, cerca de uma dezena de feridos.

 

- Abrançalha-de-Baixo: Um grupo de cidadãos Portugueses de etnia cigana conhecido como "talibans" que tem vindo a aterrorizar a localidade, ataca a polícia e rouba uma "shotgun" aos agentes da PSP. Há um tiroteio num café da localidade, o corpo de intervenção é chamado a intervir e os talibans fazem vários reféns. Acabam por se entregar, tendo havido apenas um ferido grave entre as forças policiais.

 

- Coimbra: Ao longo da semana passada ocorreram vários tiroteios num bairro da cidade entre clãs de cidadãos Portugueses que se pensa estarem relacionados com o controlo do tráfico de droga.

 

- Quinta do Mocho: Um grupo de cidadãos Portugueses de origem Cabo-verdiana fortemente armados atravessam o bairro em dois automóveis efectuando numerosos disparos, tendo causado sete feridos, dois em estado grave. Como resposta, um grupo de cidadãos Portugueses de origem Guineense assassinou uma pessoa e efectuaram vários disparos enquanto procuravam pelos outros.

 

A contrabalançar tudo isto, há apenas a tentativa de roubo a um banco perpetrada por dois Brasileiros, que acabaram por ser as únicas vítimas.

 

 

Perante estes dados, parece que o Rui Tavares, Daniel Oliveira e companhia sofreram um ataque de nacionalismo agudo e equipararam as taxas de criminalidade entre nacionais e estrangeiros. Há imensas velhinhas Inglesas a gozar a sua reforma no Algarve e nunca ouvi que elas tenham sido responsáveis por crime violento. Camaradas, os principais responsáveis por crime violento são cidadãos Portugueses, isto é um facto! Não os queiram comparar com os estrangeiros.

 

 

 

 

 



publicado por thestudio às 04:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 24 de Junho de 2008
Cobertura do arrastão de St. Amaro de Oeiras de Junho de 2008

Violência, ataques contra as forças policiais presentes e limpeza dos bens alheios dos restantes banhistas voltaram a acontecer no passado fim de semana, na praia de Santo Amaro de Oeiras. O jornalista da SIC presente no local deu um bom exemplo do que é o jornalismo hoje em dia em Portugal. Tentou ocultar a origem étnica dos energúmenos, ignorou a existência de vítimas e percorreu a praia à procura de alguém que pudesse testemunhar um eventual excesso policial. Pelas palavras do jovem Brasileiro entrevistado, depreende-se que se houve algum excesso policial foi apenas excesso de velocidade enquanto fugiam dos arruaceiros.

 

No Blasfémias está em curso uma longa discussão sobre se se justifica ou não a identificação dos grupos de vândalos envolvidos. Se se tratassem de grupos de skinheads ou de claques de futebol, ninguém discutiria que a identificação dos grupos envolvidos seria fundamental para a notícia. No entanto, tratando-se gangs de jovens de etnias africanas, há muito quem defenda que tal informação não é mais relevante que informar se os arruaceiros usam ou não piercing. O mais caricato é que, ao insistir tanto que a informação sobre a origem racial não deve ser revelada pois não é importante, acabam por provar o contrário: que é importante e por isso a querem ocultar.

 

Numa democracia, os jornalistas devem fornecer aos leitores todos os factos de forma idónea, isenta e imparcial. Cabe aos leitores avaliar os factos e tirar as suas próprias ilações.

 

Numa ditadura, os factos inconvenientes são censurados e os restantes são devidamente tratados pelo jornalista por forma a manipular a opinião dos leitores.

 

Em termos jornalísticos, Portugal está muito mais próximo de uma ditadura que de uma democracia propriamente dita.

 

 



publicado por thestudio às 14:06
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 19 de Junho de 2008
Espanha abre os olhos

O governo espanhol preparou um pacote de incentivos financeiros para que os imigrantes regressem aos países de origem. Segundo a edição de hoje do jornal El Pais, a medida vai abranger cerca de um milhão de pessoas a partir de Julho deste ano, ou seja, quase metade dos 2,2 milhões de cidadãos extracomunitários que residem legalmente em Espanha.

 

 

Não é Sarkozy nem Berlusconi. É mesmo Zapatero, o Primeiro Ministro mais progressista do mundo civilizado. Pois Zapatero quer pagar aos imigrantes legalizados a residir e trabalhar em Espanha para que estes abandonem o país. A lei não se destina aos criminosos, ilegais ou àqueles que vivem às custas da Segurança Social. Não, destina-se mesmo a mandar embora trabalhadores honestos.

 

Se o efeito dos imigrantes que trabalham legalmente em Espanha é tal que o governo até lhes paga para se irem embora, calcule-se qual será o impacto dos subsidio-dependentes que vivem nos bairros de lata (a esses escusam de lhes tentar pagar que eles dali não saiem). Este parece ser o fim do mito de que os imigrantes poderão ter algum efeito benéfico para os países de acolhimento.



publicado por thestudio às 02:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 29 de Maio de 2008
Professor Bambo

 

"Filho de um grande líder religioso o Professor Bambo cedo revelou grandes potencialidades para o ocultismo. Assim o Professor Bambo foi iniciado ainda criança nos rituais sagrados africanos por forma a desenvolver este dom tal como os seus antepassados. Actualmente, o Professor Bambo é o mais reconhecido e proiminente medium vidente em Portugal, pela sua capacidade em resolver casos difíceis e inexplicáveis. As dezenas de pessoas que o visitam diariamente são o melhor testemunho da sua eficácia."

 

 

 

 

"O Professor Bambo, auto-intitulado astrólogo e vidente que diariamente aparece publicitado em jornais e cartazes espalhados pelas ruas, foi ontem detido para interrogatório pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) da PSP do Porto. Em Janeiro do ano passado o "vidente" foi acusado em cartazes afixados em Lisboa de ter violado mulheres durante as suas consultas e de ser um "aldrabão"."

 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Todos conhecemos o Professor Bambo. Cada vez que abrimos as páginas de um jornal, lá está ele, prometendo resolver casos irresolúveis: amor, maus olhados, problemas financeiros... pelo menos problemas finaceiros consta que já resolveu um, o seu. Sobre este professor Bambo, chegado a Portugal há 10 anos, há várias questões que seria interessante ver respondidas:

 

- Este cavalheiro recebeu visto de residência em Portugal para exercer a profissão de vidente?

 

- Foram necessários 10 anos até se constatar que era um "aldrabão" e se dedicava a extorquir dinheiro às clientes?

 

- As suas clientes deviam queixar-se do Professor Bambo ou antes da sua própria estupidez?

 

- O governo que  tanto se preocupa com os desfavorecidos, não deveria também preocupar-se com as desfavorecidas intelectualmente e pôr cobro à actuação destes burlões (sim, porque este não é o único)?

 

 

 

 



publicado por thestudio às 01:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2007
200% de acordo com Daniel Oliveira
Não acontece com frequência, mas desta vez estou totalmente de acordo com o Daniel Oliveira:

"O que não nos entra pela porta entrará pela janela e a escolha é contribuir para a prosperidade dos outros (e nossa) ou importar miséria."

A importação de miséria a que se refere é, entenda-se, a imigração proveniente de África. Só não se compreende como este tipo de imigração é simultaneamente "importação de miséria" e "boa para o país de acolhimento". Mas coerência é mesmo a última coisa a esperar do sector político a que o Daniel pertence.


publicado por thestudio às 18:00
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 6 de Novembro de 2007
Moçambique dá o exemplo

 



Moçambique: Expulsão de estrangeiros ilegais quase duplica no último ano.

 

 




publicado por thestudio às 19:33
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007
Censura no Arrastão



    Dizem as más línguas que o BE se prepara para ser a muleta do PS em 2009 caso este não consiga a maioria absoluta. Nesse caso, talvez o Daniel Oliveira se esteja a posicionar para ser um dos boys responsáveis pelo controlo da informação. Ou pelo menos sempre se pode candidatar à PSP da Covilhã. Numa atitude que certamente seria aplaudida pelo executivo de Sócrates, o lápis azul do Daniel riscou o meu comentário a este artigo.

    O artigo refere-se a um estudo efectuado em Inglaterra onde se conclui que, os trabalhadores imigrantes são mais qualificados e trabalham mais horas que os trabalhadores Ingleses, contribuindo assim positivamente para economia. O que o Daniel se "esqueceu" de dizer foi que este estudo se refere a imigrantes de leste, qualificados, e que normalmente trabalham arduamente no país de acolhimento por alguns anos para que possam regressar aos seus países onde podem usufruir uma vida desafogada com o dinheiro que amealharam. Naturalmente que este tipo de imigração é positivo para a economia do país de acolhimento.

    Não sei porque razão os autores do Causa Nossa ou do 31 da Armada consideram o Daniel Oliveira como uma pessoa intelectualmente desonesta, mas a verdade é que o Daniel pretendia meter todos os imigrantes no mesmo saco. E pretendia alargar a conclusão aos imigrantes indiferenciados (muitos deles analfabetos), dependentes da Segurança Social e do Serviço Nacional de Saúde, dependentes da habitação Social que frequentemente nem encontram emprego. Imigrantes que pouco ou nada contribuem para o país mas que constituem um peso imenso para todo o sistema de apoio Social.

    Aliás, já há alguns anos Tony Blair afirmara que o Reino Unido iria passar a acolher apenas os imigrantes que possam dar um contributo positivo ao país e não apenas ser um peso para a Segurança Social. Aliás, é evidente para qualquer pessoa minimamente séria que os imigrantes não são todos iguais: alguns dão um contributo positivo para o país de acolhimento, outros dão um contributo negativo. É para isso que existem leis de imigração e que devem ser respeitadas.




publicado por thestudio às 14:49
link do post | comentar | favorito

Contacto

 thestudio@sapo.pt

pesquisar
 

PARTIDOS DEMOCRÁTICOS PORTUGUESES:

_______

 BLOGS

Abrupto
Anjos e Demónios
Arrastão
Atlantys

 

Biblioteca de Babel
Bichos Carpinteiros
Biodesagradaveis
Blasfémias
Blog Anti blog
Boas intenções

 

Causa Nossa
Cegos Surdos e Mudos
Cinco Dias
Confraria do Atum

 

Demokratia
Diário de uma Boa Rebelde
Do Portugal Profundo

 

Faccioso

 

Gengibre Lilás
Grande Loja do Queijo Limiano

 

Império Lusitano
Impertinências
It's a Perfect Day Elise

 

Jardim do Arraial

 

Legião Invicta
Letras com Garfos
Lusitânia 88

 

Máquina Zero

 

Nova Frente

 

Observatório da Jihad
O Carvalhadas
O Crepúsculo
O Comunista
O Fogo da Vontade
O Insurgente
O Número Primo
O Triunfo dos porcos
O Velho da Montanha

 

Pena e Espada
Pictured Words
Política Maluca
Portvgvesa
Propriedade Privada

 

SG Buiça
Soberania e Nacionalismo
Some like it hot

 

The Flying Circus
Tomar Partido 2
Trinta e um da Armada

 

Último Reduto

 

REST IN PEACE
All pigs must die
Batalha final
Blog17
Blog Anti-Anacleto
Demokratia (antigo)
Dextera Vox
Galeria dos Horrores
O Número Primo (antigo)
Semiramis
Tomar Partido
posts recentes

Assim vai Portugal

Está na altura de voltare...

Arrastões já não são notí...

Polícia prende, Juíz libe...

Jornalismo de sarjeta

Vamos ser solidários

Felizmente tomarão conta ...

Indignação selectiva (2)

Taxas de criminalidade: P...

Cobertura do arrastão de ...

arquivos

Junho 2012

Junho 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSTag imigração