Terça-feira, 28 de Junho de 2011
A um amigo que discorda (variações)

Escrevo este texto a pensar que nem toda a gente entendeu as razões que levaram o Rui Tavares a romper com o Bloco de Esquerda.

Sendo o assunto público, dirijo-me coloquialmente a vocês aqui no café internet.

 

 

Mas afinal porque é que saíste?
Eu sou a pessoa mais inteligente, mais iluminada, mais genial, mais sensacional, mais esclarecida da Esquerda Portuguesa. Sou eu quem define o que é ser de Esquerda e sou eu quem sabe quais devem ser os caminhos da Esquerda. Os outros baixam as orelhas. Acontece que o Louçã, tem a mania que é bom. Julga-se um líder e quer ser visto como o maior da Esquerda em Portugal, maior esse que sou eu. O Bloco era demasiado pequeno para os nossos dois egos.

 

 

E não achas o teu pretexto muito pequeno?
Eu passei seis anos a observar o Sócrates e a aprender com ele. Aliás, tenho grandes simpatias pelo PS. Isto não é um pretexto, é uma encenação inspirada na demissão do Sócrates responsabilizando o chumbo do PEC IV.

 

 

Então e porque não saíste do Parlamento?
Estou agarrado ao tacho. Mas alguém no seu perfeito juízo iria abandonar um tacho no Parlamento Europeu? Só se for uma pessoa de princípios...

 

 

E porque foste para os Verdes Europeus?
O GUE/NGL, grupo em que estava, estava cheio de comunistas ortodoxos, eurocépticos e todo o tipo de chungaria. Eu que sou um betinho burguês cheio de estilo não me sentia bem no meio daqueles malucos. Não há nenhum anátema em estar nos Verdes europeus, eles são tipos de massa e apreciam caviar.

 

 

 

Mas antes disto, aceitaste estar no GUE/NGL
Fiquei no GUE/NGL porque estava na delegação do Bloco de Esquerda, e para ficar com o tacho era obrigado a entrar neste grupo. Mas tenho vindo a conspirar desde o primeiro minuto. Mas a minha grande ambição era estar num grande grupo parlamentarna companhia da Dra. Ana Gomes.

 

 

Mas já estavas a negociar com os Verdes há dois meses…
Sim, estava. Mas apenas comuniquei aos Verdes Europeus que agora era de vez no dia 20 de Junho, segunda-feira.

 

 

Mas não houve conversas?
Sim. No refeitório eu almoçava sempre na mesa dos Verdes, nunca com o GUE/NGL.

 

 

Mas Cohn-Bendit (Presidente dos Verdes Europeus) não disse que tinhas negociado com eles dois meses antes?
Sim, disse. Foi uma enorme trapalhada com o Francês técnico que aprendi por uma sebenta da Universidade Independente. Ele disse que a minha situação já vinha de trás, que era expectável, daí o francês “ça se préparait”, o que não quer dizer de todo dizer “nós preparávamos”. O jornalista é que interpretou mal, tal como o jornalista que depois de falar comigo ficou convencido que o Daniel Oliveira tinha sido um dos quatro fundadores do BE.

 

 

E agora?

Nas próximas eleições vou tentar ser candidato independente pelo PS. Não quero perder o tacho.

 

 

 



publicado por thestudio às 02:37
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 25 de Junho de 2010
Dilema futebolistico da Esquerda Caviar

Quem apoiar hoje?

 

Os minorias étnicas da Costa do Marfim ou os camaradas da Coreia do Norte?



publicado por thestudio às 01:46
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 24 de Junho de 2010
Desunião à Esquerda

Se o Mundial 2010 está a contribuir para a união de África, o efeito do Mundial sobre a Esquerda Portuguesa parece ser o inverso. Na realidade, já causou uma troca de galhardetes entre a Esquerda folclórica do Arrastão e a Esquerda Ortodoxa do 5dias. Ora bem, tudo porque o Daniel Oliveira vaticinou o apuramento do Brasil e da Costa do Marfim... e o Comité Central do 5dias apoiava fervorosamente a Coreia do Norte.



publicado por thestudio às 03:38
link do post | comentar | favorito

Sábado, 6 de Março de 2010
O caviar está caro

 

"A proposta do CDS/PP para cortar o 13º mês nos salários dos políticos foi hoje chumbada no Parlamento, com os votos contra do Bloco de Esquerda, PCP, PS e a abstenção do PSD.


Num debate quinzenal na AR o líder do CDS/PP questionou o primeiro-ministro sobre a disponibilidade de haver cortes nos salários dos políticos. José Sócrates respondeu considerando a proposta de “populista” e que “não resolve o problema” do défice."

 

 

É verdade que esta medida não resolve o problema do défice como diz José Sócrates. Mas também é verdade que esta medida não pretende resolver o problema do défice. Numa altura em que se pedem sacrifícios aos Portugueses, esta medida pretenderia sobretudo transmitir a mensagem de que o esforço é feito por todos, incluindo pela classe política.

 

Curiosa é a posição dos partidos da já gasta cassete "não podem ser sempre os trabalhadores a pagar a crise", quando lhe toca a eles votam ao contrário do que sempre defenderam. Afinal, o caviar está caro.



publicado por thestudio às 17:11
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 4 de Junho de 2008
Paradoxo

Acabei de ouvir Manuel Alegre no "encontro das esquerdas" afirmando que os Portugueses estão a ser obrigados a emigrar devido à falta de empregos no país. Trata-se aparentemente de um paradoxo, pois os mesmos participantes no encontro defendem também que Portugal precisa de mais imigrantes para preencher os empregos em excesso no país.



publicado por thestudio às 05:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Mega Demagogia

Decorreu hoje o encontro de Esquerdas, ou lá como se chamou esse espectáculo circense, no Teatro da Trindade e que reuniu Manuel Alegre, Helena Roseta, o Bloco de Esquerda e Comunistas renovadores.

 

O primeiro a brilhar foi o deputado Bloquista José Soeiro:

 

"Coube ao deputado José Soeiro ser o primeiro orador da noite. Num discurso sobre a pobreza e a precariedade, deu como exemplo das injustiças das políticas neo-liberais a situação de Madalena, uma empregada de limpeza do Banco Millenium BCP.

«Não trabalha para o BCP, mas como temporária numa empresa de limpezas. Ganha 2,42 euros à hora. É verdade, no mesmo banco que desbaratou milhões em prémios milionários para premiar a evasão fiscal»"

 

 

O BCP não tem empregadas de limpeza, e assim contrata uma empresa externa que presta os serviços de limpeza. Portanto, a culpa da situação laboral dos trabalhadores nessa outra empresa é do BCP. Se acrescentarmos a proposta demagógica apresentada sexta feira por Francisco Louçã no parlamento, para o BE a senhora Madalena deveria ser já integrada nos quadros do BCP.

 

 

 



publicado por thestudio às 04:42
link do post | comentar | favorito

Ainda há gente esclarecida

Está neste momento a ser transmitida na SIC Notícias uma impagável entrevista a um tal Manuel Urbano Rodrigues.

 

O senhor Rodrigues confessa-se um admirador das FARC e afirmou que estes foram a sua maior fonte de inspiração. Negou a existência raptos por parte das FARC, afirmando que há apenas reféns, isto é, pessoas que não pagaram o tributo financeiro exigido pelas FARC. Tudo dentro da legalidade portanto.

 

Este senhor Rodrigues já classificou o Governo de José Sócrates como Neo-Fascista. Nada mal.

 

Acabou também de afirmar que as guerras hoje em dia são para pilhar recursos e que na História apenas são comparáveis às invasões Nazis.

 

Isto promete, que ele ainda está a falar. Viveu 8 anos em Cuba e visitou muitas vezes a União Soviética. Presumo que em Cuba não tenha vivido nas palhotas em que vivem os Cubanos nem se tenha alimentado da mesma forma que os Cubanos, senão certamente estaria caladinho.

 

A entrevista promete, que o homem ainda está a falar.

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 Adenda 1:

 

O senhor Rodrigues acaba de confessar que não comeu carne de vaca durante os oito anos que esteve em Cuba (pois era um "recurso estratégico"). Deve ser isso que ele deseja para Portugal.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Adenda 2:

 

Ainda mal acabou a entrevista com Manuel Urbano Rodrigues e já estão a anunciar nova entrevista com mais um grande pensador da Esquerda.

 

 

 



publicado por thestudio às 04:33
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007
Em defesa do ditador Hugo Chávez
 

Daniel Oliveira continua no seu Arrastão a defender o ditador Hugo Chávez com uma tenacidade digna de registro. Desta vez decobriu que 60% dos Venezuelanos estão satisfeitos com a "Democracia" de Chávez, a segunda percentagem em toda a América Latina, à excepção de Cuba. Esta percentagem é ainda quase o dobro da de há 11 anos.

Não questionando os números, há que os saber interpretar. E esses números estão relacionados não com o funcionamento da democracia na Venezuela mas sim com o impacto das políticas populistas de Hugo Chávez. É muito fácil "comprar votos" seguindo uma política de subsídios ou de prestação gratuita de serviços. Em Portugal, a "opinião da população sobre a Democracia" também iria melhorar caso o Governo diminuisse os impostos, aumentasse as pensões e aumentasse os salários da função pública. O grande problema é quando essa melhoria da qualidade de vida não é sustentável e está dependente de "receitas extraordinárias" ou da delapidação do património. E nesse caso, a factura acabará por chegar mais tarde.

Por uma questão de honestidade, o Daniel também poderia comparar o número de pessoas que abandona a Venezuela com o de há 11 anos. Ou o número de descendentes de Europeus que estão a pedir dupla nacionalidade para poder abandonar o país quando acontecer o que todos esperamos.


publicado por thestudio às 21:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007
Hugo Chavez (e o incidente na Cimeira Ibero-Americana)


Os Factos:

    Na recente XVII Cimeira Ibero-americana, entre outras provocações, na sua intervenção o Presidente Venezuelano Hugo Chavez apelidou o ex-Primeiro Ministro Espanhol Jose Maria Aznar de fascista. No uso da palavra, o actual Primeiro Ministro Espanhol Zapatero tentou pedir mais respeito, sendo que as suas vãs tentativas esbarraram num obstinado Hugo Chavez que não se calou por um momento, mesmo tendo o seu microfone desligado. A tal ponto, que o sempre calmo Rei de Espanha D. Juan Carlos acabou por perguntar ao presidente venezuelano "porque não se cala ?".

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Este incidente é na realidade um incidente menor, mas que acabou por marcar definitivamente a cimeira. A única coisa que transpareceu para a opinião pública foi uma inultrapassável divisão entre os estados Europeus (Espanha e Portugal) e os Socialistas (Venezuela, Cuba, Bolívia e Nicarágua) com os restantes de permeio.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Hugo Chavez vê-se a si próprio como sendo a referência do Socialismo do Sec. XXI. E, diga-se em abono da verdade, ele é hoje a face da Esquerda mundial. Nomes como Lenine, Estaline, Mao, Che Guevara e Fidel Castro marcaram a Esquerda do Sec. XX. E hoje? Quem é visto a nível mundial como "o líder da Esquerda"? Hugo Chavez assumiu esse papel sem que ninguém o mandatasse para tal. Mas a verdade é que está a ser bem sucedido.

    A sua estratégia é simples: em primeiro lugar, apoia todos os "povos desfavorecidos", que acabam por lhe dar apoio, ao mesmo tempo que ataca virulentamente os Estados Unidos e seus aliados, granjeando-lhe apoios entre os americanófobos de todo o mundo. Em segundo lugar, tenta provocar, e com sucesso, incidentes em todas as reuniões internacionais em que participa. Desta forma, tem os holofotes da comunicação social mundial sobre si. Por fim, e talvez mais importante que tudo, mantém uma amizade muito estreita com o quase finado líder cubano Fidel Castro. Esta amizade ínitima não é inocente: ela simboliza a passagem de testemunho do último grande líder Socialista do Sec. XX para o primeiro grande líder Socialista do Sec. XXI.

O incidente na cimeira Ibero-Americana é apenas mais um passo no percurso de Chavez para o Olimpo Socialista. Hoje, é ele a face visível da Esquerda mundial.








publicado por thestudio às 19:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Contacto

 thestudio@sapo.pt

pesquisar
 

PARTIDOS DEMOCRÁTICOS PORTUGUESES:

_______

 BLOGS

Abrupto
Anjos e Demónios
Arrastão
Atlantys

 

Biblioteca de Babel
Bichos Carpinteiros
Biodesagradaveis
Blasfémias
Blog Anti blog
Boas intenções

 

Causa Nossa
Cegos Surdos e Mudos
Cinco Dias
Confraria do Atum

 

Demokratia
Diário de uma Boa Rebelde
Do Portugal Profundo

 

Faccioso

 

Gengibre Lilás
Grande Loja do Queijo Limiano

 

Império Lusitano
Impertinências
It's a Perfect Day Elise

 

Jardim do Arraial

 

Legião Invicta
Letras com Garfos
Lusitânia 88

 

Máquina Zero

 

Nova Frente

 

Observatório da Jihad
O Carvalhadas
O Crepúsculo
O Comunista
O Fogo da Vontade
O Insurgente
O Número Primo
O Triunfo dos porcos
O Velho da Montanha

 

Pena e Espada
Pictured Words
Política Maluca
Portvgvesa
Propriedade Privada

 

SG Buiça
Soberania e Nacionalismo
Some like it hot

 

The Flying Circus
Tomar Partido 2
Trinta e um da Armada

 

Último Reduto

 

REST IN PEACE
All pigs must die
Batalha final
Blog17
Blog Anti-Anacleto
Demokratia (antigo)
Dextera Vox
Galeria dos Horrores
O Número Primo (antigo)
Semiramis
Tomar Partido
posts recentes

A um amigo que discorda (...

Dilema futebolistico da E...

Desunião à Esquerda

O caviar está caro

Paradoxo

Mega Demagogia

Ainda há gente esclarecid...

Em defesa do ditador Hugo...

Hugo Chavez (e o incident...

arquivos

Junho 2012

Junho 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSTag esquerda