Sábado, 5 de Março de 2005
BE e a cultura Árabe: Coerência procura-se
getimage.gif
Bin Laden é o ídolo do povo Árabe



Sempre que se aguçam as discussões sobre o aborto, o pregador Francisco Louçã e o seu séquito são useiros e vezeiros em classificar os oponentes da despenalização como retrógrados e medievais. Em sua opinião, trata-se de um desrespeito pelos direitos das mulheres, e este é suficiente para justificar tais adjectivos.
Mas que dizer dos direitos das mulheres no mundo Árabe? As mulheres, muito simplesmente, são tratadas como objectos. Uma mulher pode ser comprada ou trocada por camelos, qualquer homem pode possuir um harém com várias mulheres, tudo dependendo da sua capacidade financeira. Os cintos de castidade ainda não foram abolidos no mundo Árabe e ainda há mulheres obrigadas a usá-los. Nos países Islâmicos mais avançados, onde já há eleições, naturalmente que as mulheres não têm o direito de votar. A Turquia neste aspecto é uma excepção, mas questões como o aborto, estão obviamente banidas da agenda de discussão. Em plena Europa no Século XXI, jovens mulheres continuam a ser assassinadas pelos seus familiares quando se afastam dos preceitos muçulmanos (os chamados crimes de honra), ou, como na Albânia, são obrigadas a casar-se com homens escolhidos pela família e que elas nunca sequer viram.
Se uma simples discordância sobre uma questão menor como aborto é suficiente para justificar os epítetos de retrógrados e medievais, que dirá o BE quando se tratam as mulheres como animais? Aparentemente, o BE apenas poderia classificar as atitudes dos Árabes em relação às mulheres como jurássicas, paleolíticas ou do tempo do Trotskismo. Mas não. Falando-se de Árabes muda-se imediatamente a cassete. O Primeiro Ministro italiano Berlusconni cometeu o erro de se referir à cultura Árabe como estando atrasada em relação à Ocidental e logo o apelidaram de xenófobo. Afinal, não foi o próprio pregador Louçã que definiu como “atrasada e medieval” uma sociedade onde o aborto não é livre? No mundo Árabe o aborto não é livre... Onde está a coerência?


publicado por thestudio às 03:53
link do post | comentar | favorito

7 comentários:
De TheStudio a 7 de Março de 2005 às 14:50

Pantera: Não te deixes enganar pelas falinhas mansas do Louçã. O homem só é pacifista quando defende o lado mais fraco.

Ana Fonseca: Uma sociedade onde o aborto não é livre é uma sociedade retrógrada e medieval (palavras do Louçã), concordas? Então diz lá como classificas a sociedade Árabe.


De Ana Paula Fonseca a 7 de Março de 2005 às 13:28
Mas afinal o que te perturba? Não consegui achar uma justificação lógica para tal indignação. quando quiseres refere-te concretamente ao que "está mal" e aí sim eu talvez te possa dar a minha opinião em relação ao assunto.


De Douglas P a 7 de Março de 2005 às 12:23
Coerência no BE?!
Já desisti de procurar.
Falam em hipocrisia, mas são os maiores hipócritas.
Falam em tolerância, mas são os maiores intolerantes.
Falam em democracia, mas nem são democratas.
Enfim... e por aí fora...


De Sonhos a 6 de Março de 2005 às 17:01
Visita e comenta este site:

http://groups.msn.com/ViagemaoParaiso/_whatsnew.msnw

Fala de sonhos


De polittikus a 6 de Março de 2005 às 16:54
Já desisti de procurar coêrencia nos árabes... Sem hipotese. O BE a coerencia também não anda melhor. Xiça...


De Ana a 5 de Março de 2005 às 21:13
Pq sou fragil:( Quanto ao relogio, como assim? lol... eu nao percebo grande coisa de computadores, ate perdi os arquivos quando coloquei o template... :( Bigada pela visita de novo


De Pantera a 5 de Março de 2005 às 16:21
Penso que Francisco Louçã tb é ídolo do povo Árabe pois pode sempre dar uma ajudinha ao terrorismo com as suas teorias pacifistas!!!


Comentar post

Contacto

 thestudio@sapo.pt

pesquisar
 

PARTIDOS DEMOCRÁTICOS PORTUGUESES:

_______

 BLOGS

Abrupto
Anjos e Demónios
Arrastão
Atlantys

 

Biblioteca de Babel
Bichos Carpinteiros
Biodesagradaveis
Blasfémias
Blog Anti blog
Boas intenções

 

Causa Nossa
Cegos Surdos e Mudos
Cinco Dias
Confraria do Atum

 

Demokratia
Diário de uma Boa Rebelde
Do Portugal Profundo

 

Faccioso

 

Gengibre Lilás
Grande Loja do Queijo Limiano

 

Império Lusitano
Impertinências
It's a Perfect Day Elise

 

Jardim do Arraial

 

Legião Invicta
Letras com Garfos
Lusitânia 88

 

Máquina Zero

 

Nova Frente

 

Observatório da Jihad
O Carvalhadas
O Crepúsculo
O Comunista
O Fogo da Vontade
O Insurgente
O Número Primo
O Triunfo dos porcos
O Velho da Montanha

 

Pena e Espada
Pictured Words
Política Maluca
Portvgvesa
Propriedade Privada

 

SG Buiça
Soberania e Nacionalismo
Some like it hot

 

The Flying Circus
Tomar Partido 2
Trinta e um da Armada

 

Último Reduto

 

REST IN PEACE
All pigs must die
Batalha final
Blog17
Blog Anti-Anacleto
Demokratia (antigo)
Dextera Vox
Galeria dos Horrores
O Número Primo (antigo)
Semiramis
Tomar Partido
posts recentes

...

Melhor marcador do Euro 2...

Euro 2012 odds

Xadrex Comb. (1)

A um amigo que discorda (...

Aventuras do Eng. Pinóqui...

Hello Boys !!

Assim vai Portugal

Acampamento de jovens do ...

Coincidências

arquivos

Junho 2012

Junho 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post