Terça-feira, 12 de Abril de 2005
Aborto: Direito de escolha às mulheres
Um argumento recorrente usado pelos defensores da despenalização do aborto é o de que “o aborto não é crime”. A este pode somar-se o desejo incessantemente repetido do líder trotskista Francisco Louçã, de que “nunca mais uma mulher seja julgada em Portugal por abortar”.

Mas o que implicam realmente estes, chamemo-lhes, argumentos? Vejamos, se o aborto não é crime, não o será após cinco semanas de gravidez, mas também não o será após nove meses de gravidez, por exemplo no dia imediatamente anterior ao parto. Se o grande educador da classe abortista Francisco Louçã, defende que uma mulher nunca deverá ser julgada por praticar um aborto, infere-se de imediato que também não o deverá ser caso o aborto seja efectuado após nove meses de gestação.

Acontece que um bebé imediatamente antes do parto é em tudo igual a um bebé imediatamente após o parto, com a única diferença que se encontra agora fora do útero materno e sendo alimentado através de amamentação. Portanto, quem usa estes argumentos está de facto a defender a legalização dos homicídios de bebés.

Resta ainda uma dúvida. Uma mulher que dê à luz prematuramente, por exemplo ao fim de sete meses de gestação, estará a ser discriminada visto ter tido menos tempo para efectuar o aborto. Será que a lei deverá ainda conceder a esta mulher dois meses para se desembaraçar do recém-nascido?

Resize of abortadeira.jpg
Jovem abortadeira manifesta-se em Setúbal contra a limitação da capacidade de decisão das mulheres.

E para terminar, mais uma pequena questão. Com a lei como se encontra actualmente, uma mulher grávida tem à sua frente três opções distintas: Ou leva a gravidez até ao fim, ou recorre a um aborto clandestino, ou desloca-se a Espanha para efectuar um aborto numa clínica especializada. Caso o aborto seja despenalizado, a mulher ver-se-á restrita a duas opções, ou leva a gravidez até ao fim ou efectua um aborto assistido em ambiente hospitalar. Chega-se portanto à conclusão de que, despenalizar a interrupção voluntária da gravidez constitui de facto uma limitação à capacidade de decisão da mulher.


publicado por thestudio às 02:36
link do post | comentar | favorito

7 comentários:
De alvaro de sousa a 2 de Abril de 2006 às 17:48
não é correcto escrever sobre um tema que não se conhece! a lei do aborto tem de ter regras, isso não falam. neste blog, o ke intressa é caluniar a esquerda.
nem todas as pessoas tem condições para fazer abortos cladestinos em espanha em condições dignas, como os militante do cds, psd e pnr.só uma pergunta ke autoridade têm voçês para julgar as outras pessoas. são deus?


De freakanomics a 23 de Fevereiro de 2006 às 23:48
Leiam-me e vejam se percebem que o aborto reduz a criminalidade...


De jordo a 23 de Fevereiro de 2006 às 23:44
"Infere-se que o aborto é livre até ao dia antes do parto?"

Ó senhores, sejam sérios.


De anti_be a 14 de Abril de 2005 às 18:45
Odeios estas defensoras acérrimas do aborto...e mais não digo!


De Coelhinho a 14 de Abril de 2005 às 08:42
Tu é que nunca passaste mal, oh fascista!
Liberdade de escolha até um certo tempo não é? Isso é o que voces defendem. Ninguém deve pôr limites à liberdade. Ainda bem que houve o 25 de Abril (que voces detestaram).


De Pedro Romano a 12 de Abril de 2005 às 19:42
Muito bom, sim senhor. Mas creio que te esqueçeste de focar outros aspectos, também eles bastante importantes. Como, por exemplo, porque razão se diz "o que interessa é dar à mulher a opção"? Será isto um argumento minimamente aceitável numa discussão racional? É que o mesmo pode ser usado para justificar a xenofobia (deixem os skinheads optar se querem viver ou não com negros no seu bairro) ou o assassinato. Claro que se pode dizer "a liberdade de uns termina onde começa a dos outros", mas nesse momento voltamos ao ponto de partida: o bebé também não é alguém? Não é ele "o outro"? Ah, claro, mas ele não pensa às doze semanas... óptimo, acho que começa a ser altura de matar os catatónicos...
Parabéns pelo blog e pela boa argumentação de ideias (ainda que nem sempre concorde, a verdade é que as fundamentas muito bem)


De Elise a 12 de Abril de 2005 às 09:35
Quem defende a despenalização total do aborto não entende estes cavalos de tróia.

1ª - Imaginem que o aborto é totalmente despenalizado até às 10 semanas. Uma mulher descobre que está grávida somente às 12 semanas de gestação. Quer abortar mas já não o pode fazer legalmente. Qual a solução?

2ª - Uma adolescente de 13 anos engravidou e quer abortar. Os pais estão contra. Qual a opinião que deve prevalecer?

3ª - Deve haver um limite para o número de abortos que uma mulher pode efectuar?

Portanto, seja o aborto despenalizado ou não, a extrema esquerda ainda terá argumentos para protestar e desculpem a linguagem "chagar" a nossa paciência.

http://aborto.no.sapo.pt/seguranca.htm (http://aborto.no.sapo.pt/seguranca.htm)


Comentar post

Contacto

 thestudio@sapo.pt

pesquisar
 

PARTIDOS DEMOCRÁTICOS PORTUGUESES:

_______

 BLOGS

Abrupto
Anjos e Demónios
Arrastão
Atlantys

 

Biblioteca de Babel
Bichos Carpinteiros
Biodesagradaveis
Blasfémias
Blog Anti blog
Boas intenções

 

Causa Nossa
Cegos Surdos e Mudos
Cinco Dias
Confraria do Atum

 

Demokratia
Diário de uma Boa Rebelde
Do Portugal Profundo

 

Faccioso

 

Gengibre Lilás
Grande Loja do Queijo Limiano

 

Império Lusitano
Impertinências
It's a Perfect Day Elise

 

Jardim do Arraial

 

Legião Invicta
Letras com Garfos
Lusitânia 88

 

Máquina Zero

 

Nova Frente

 

Observatório da Jihad
O Carvalhadas
O Crepúsculo
O Comunista
O Fogo da Vontade
O Insurgente
O Número Primo
O Triunfo dos porcos
O Velho da Montanha

 

Pena e Espada
Pictured Words
Política Maluca
Portvgvesa
Propriedade Privada

 

SG Buiça
Soberania e Nacionalismo
Some like it hot

 

The Flying Circus
Tomar Partido 2
Trinta e um da Armada

 

Último Reduto

 

REST IN PEACE
All pigs must die
Batalha final
Blog17
Blog Anti-Anacleto
Demokratia (antigo)
Dextera Vox
Galeria dos Horrores
O Número Primo (antigo)
Semiramis
Tomar Partido
posts recentes

...

Melhor marcador do Euro 2...

Euro 2012 odds

Xadrex Comb. (1)

A um amigo que discorda (...

Aventuras do Eng. Pinóqui...

Hello Boys !!

Assim vai Portugal

Acampamento de jovens do ...

Coincidências

arquivos

Junho 2012

Junho 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post