Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2006
O senhor de cócoras não fala em meu nome
freitas.jpg

Se os muçulmanos têm razões para se sentir ofendidos pela publicação de cartoons num jornal Dinamarquês, razões para isso terão também os Portugueses que viram um senhor, que supostamente os representa, colocar-se de cócoras perante o fundamentalismo e a barbárie.

Já a propósito da adesão da Turquia à União Europeia, Portugal votou favoravelmente porque, disse este senhor, partilhamos os mesmos valores. Não sei quais os valores que este senhor partilha com o povo Turco. Talvez o anti-americanismo primário e a cultura popular que demoniza o Ocidente. Talvez os constantes atropelos aos Direitos Humanos. Talvez as perseguições políticas. Talvez a falta de liberdade de expressão. Talvez o anti-semitismo. Talvez o genocídio do povo Curdo. Talvez a admiração por Hitler (a obra Mein Kampf de Hitler é presença assídua nos tops de vendas). Já na altura gostaria de ter dito a este senhor que eu, tal como a maioria da população por quem ele falou, não partilho esses valores.

Desta vez, num comunicado já por demais comentado, afirmou que “Portugal lamenta e discorda da publicação de desenhos e/ou caricaturas que ofendem as crenças ou a sensibilidade dos povos muçulmanos”. Não afirmou lamentar nem discordar do comportamento dos imãs que divulgaram esses desenhos pelos quatro cantos do mundo nem afirmou lamentar nem discordar do comportamento das turbas que dirigiram a sua violência contra inocentes sem qualquer responsabilidade nessa publicação.

Assim, quero aqui declarar publicamente que esse senhor não me representa e que não fala em meu nome.

Este texto vem na sequência da iniciativa do bloguítica, que compilou uma lista de Portugueses em nome de quem este senhor não fala.

http://bloguitica.blogspot.com/2006/02/no-fala-em-nosso-nome-213-um-breve.html


publicado por thestudio às 04:09
link do post | comentar | favorito

6 comentários:
De DEMOKRATIA a 10 de Fevereiro de 2006 às 23:04
Freitas do Amaral é a vergonha da Direita portuguesa. Odiado pela Esquerda e pela Direita. Nem o CDS-PP o quer.


De Elise a 10 de Fevereiro de 2006 às 17:15
flip flop freitas!


De PedroRomano a 9 de Fevereiro de 2006 às 22:57
Meu caro penso que neste momento se justifica plenamente um remake deste post (http://politicaxix.blogs.sapo.pt/arquivo/696423.html).


De Perdi-o a 9 de Fevereiro de 2006 às 18:02
Excelentissimo senhor! Vi a sua mensagem na garrafa de vidro "samsung" q está à minha frente. Tenho isto a reportar sobre o que vi e depois fiz: Bati no cego que está no escuro mas ele n me ouve!q puderei fazer para o despertar?ficara ele permanentemente surpreendido?? ninguem me responde, falarei eu por tras? Falei da tua boa nova a todos os duendes que me podiam ouvir, e aos chocolates espanhóis que se metem no meu caminho sem eu os poder interpelar, mas ninguém soube compreender. Não me souberam dar carinho quando era pobre, e só me emprestam as orelhas quando estão cheias de cera. Eu registei o meu nome em fogo para q me ouvissem melhor e soubessem a minha missão, mas ainda assim não tive êxito. Foi apenas horas depois que me interroguei: a verdade estará à esquerda ou direita do pau? Qual dos colhões será? E estará ele cheio? E quanto à pila, há muito por dizer. Porque gosta ela de se curvar e desdenha as linhas rectas? Terá complexo de boomerang? E se a minha ponta tiver emigrado, não poderá ser também imigrante na glande? Se a sua pele for mais escura, será mais sensível às tempestades? Não, porque a chuva cai incesssssssantemente sobre os telhados de vidro da humanidade, e fura-nos a todos! Só depois, muito depois, quando todos se tinham ido embora e as cadeiras estavam vazias é que vi o pano turco sem fé igual e ele disse-me isto do Estúdio: ele é uma crisálida de beleza diáfana, e nem sequer ainda aprendeu a voar. Isto explica tudo, vi logo eu! O meu fracasso tinha uma razão, e ela fez-me poderoso. Sei que não enfrentarei uma morte sem fronteiras num continente indiviso pelo sol enquanto a minha hora não chegar! E, quando esse tempo vier, tu e eu caminharemos lado a lado, como irmãos de armas árabes munidos de lindas espingardas reluzentes, e misteriosos entrançamentos barbudos! Ah, ainda daremos as mãos perante a máquina quando ela fechar o olho! Mas aviso-te de uma coisa, Estúdio: cuidado com a música das esferas, ela não é leal, e fere tanto o adolfo como o rudolfo. Um passo para lá é como um passo para cá, quem pode dizer, vendo-os no escuro, qual fica mais distante da realidade? Pensa nisto, meu irmão de armadura incólume, porque eles querem a tua estatura. Não os deixes, tu és mais forte que eu. Irás prevalecer


De adryka a 9 de Fevereiro de 2006 às 17:03
Este senhor não merece o meu respeito, este senhor é falso, este senhor não vale nada.


De Leandro a 9 de Fevereiro de 2006 às 16:56
Parabéns pelo seu blog! Incisivo, direto, sem rodeios. Cá pelas bandas brazucas também sofremos da empulhação esquerdista, que toma corpo em todo o continente. Estão recuperando o que perderam no Leste Europeu. Não cessam com o anti-americanismo rasteiro e vil, com as malfadadas ações afirmativas, com o discurso demagógico. E vejo com apreensão o crescente embate de forças que toma conta da Europa. Os "protestos" pelas charges publicadas são simples fumaça. Nas entranhas destes revoltosos arde o único desejo pela destruição dos mais caros valores ocidentais, patrocinados pela esquerda delirante. Enfrentá-los passa a ser não um mero exercício de liberdade, mas uma questão de sobrevivência. Saudações.


Comentar post

Contacto

 thestudio@sapo.pt

pesquisar
 

PARTIDOS DEMOCRÁTICOS PORTUGUESES:

_______

 BLOGS

Abrupto
Anjos e Demónios
Arrastão
Atlantys

 

Biblioteca de Babel
Bichos Carpinteiros
Biodesagradaveis
Blasfémias
Blog Anti blog
Boas intenções

 

Causa Nossa
Cegos Surdos e Mudos
Cinco Dias
Confraria do Atum

 

Demokratia
Diário de uma Boa Rebelde
Do Portugal Profundo

 

Faccioso

 

Gengibre Lilás
Grande Loja do Queijo Limiano

 

Império Lusitano
Impertinências
It's a Perfect Day Elise

 

Jardim do Arraial

 

Legião Invicta
Letras com Garfos
Lusitânia 88

 

Máquina Zero

 

Nova Frente

 

Observatório da Jihad
O Carvalhadas
O Crepúsculo
O Comunista
O Fogo da Vontade
O Insurgente
O Número Primo
O Triunfo dos porcos
O Velho da Montanha

 

Pena e Espada
Pictured Words
Política Maluca
Portvgvesa
Propriedade Privada

 

SG Buiça
Soberania e Nacionalismo
Some like it hot

 

The Flying Circus
Tomar Partido 2
Trinta e um da Armada

 

Último Reduto

 

REST IN PEACE
All pigs must die
Batalha final
Blog17
Blog Anti-Anacleto
Demokratia (antigo)
Dextera Vox
Galeria dos Horrores
O Número Primo (antigo)
Semiramis
Tomar Partido
posts recentes

...

Melhor marcador do Euro 2...

Euro 2012 odds

Xadrex Comb. (1)

A um amigo que discorda (...

Aventuras do Eng. Pinóqui...

Hello Boys !!

Assim vai Portugal

Acampamento de jovens do ...

Coincidências

arquivos

Junho 2012

Junho 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post