Sexta-feira, 27 de Abril de 2007
Diálogo entre civilizações
sampaio.jpg
Jorge Sampaio foi nomeado o primeiro Alto Representante da ONU para o Diálogo de Civilizações, uma entidade que visa promover o diálogo entre a civilização Ocidental e a civilização Muçulmana.

Dado que é esta a gente com quem Jorge Sampaio vai dialogar,

islao.jpg

é de todo previsível que venha a recorrer à arma secreta de Freitas do Amaral: O lubrificante Aquaglide Anal.

aquaglide.jpg

O Aquaglide tem aliás sido o mais fiel amigo do político Europeu nestes diálogos inter-civilizacionais.


publicado por thestudio às 18:12
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quinta-feira, 26 de Abril de 2007
Extrema Esquerda vs. Extrema Direita
Daniel Oliveira, no seu blog "Arrastão", insurge-se pela diferença de tratamento dada pelas forças policiais às manifestações de Extrema Esquerda e de Extrema Direita: "Parece ter havido problemas ontem com uma manifestação de "anarquistas" no Chiado e a polícia terá carregado sobre os manifestantes (...) Recordo que a extrema-direita tem-se manifestado sem qualquer limitação" (e sem quaisquer incidentes, acrescento eu).

Há apenas duas possibilidades que justifiquem esta diferença de comportamento das forças policiais:

1) As forças policiais estarão ao serviço da Extrema Direita.

2) As manifestações da Extrema Direita estavam autorizadas e decorreram sem incidentes, ao passo que a da Extrema Esquerda não estava autorizada, terão sido partidas montras, terá sido roubado material do interior das lojas, a polícia terá sido apedrejada tendo-se verificado cinco feridos entre as forças da ordem, para já não falar em outros actos de vandalismo que terão ainda ocorrido.

Eu compreendo este dilema do Daniel e solidarizo-me com ele: A Extrema Esquerda Portuguesa é extremamente civilizada, ao passo que a Extrema Direita é só selvagens.
Não se compreende que os factos mostrem o contrário. Os factos só podem estar errados.

PS: E que tal negar os incidentes de ontem, tal como se negou o arrastão?


publicado por thestudio às 18:09
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

A Esquerda Progressista como génese do massacre de Virgínia Tech
che-seung-hui.gif

Todos os elementos associados ao massacre de Virgínia Tech indiciam que este incidente se trata de uma consequência da difusão das ideias da Esquerda Progressista.

O jovem "Che" Seung-Hui, autor do massacre, pertencia a uma minoria étnica e vivia convencido de que estaria a ser vítima de uma terrível injustiça social. O opressor era naturalmente aquela massa desumana de "meninos ricos" (ou "fássistas") que com ele convivia na universidade. Era preciso fazer algo.

A cartilha da Esquerda Progressista, capaz de atrair para as suas causas jovens com perturbações mentais como "Che" Seung-Hui, é também a mesma que apela à acção e que se revela capaz de transformar assassinos em mártires. "Che" Seung-Hui morreu convencido que seria visto como um herói para a eternidade. Que seria visto como alguém que dera a vida contra a opressão "fássista". Que um dia os jovens de todo o mundo fumariam charros com a sua cara estampada numa t-shirt que não vira água há mais de um mês.

Ler mais sobre este sucesso da Esquerda em:

http://pajamasmedia.com/2007/04/bowling_for_virginia_tech_who.php


publicado por thestudio às 17:03
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Birra Carota
Abriu ontem, finalmente, o túnel do Marquês. Trata-se de uma obra que irá contribuir significativamente para um melhor fluir do trânsito no centro de Lisboa. Mas nem tudo são rosas. A birra do Bloco de Esquerda, que interrompeu a execução da obra com uma providência cautelar interposta pelo seu deputado Sá Fernandes, custou 4 milhões de euros ao contibuinte. É caso para dizer que esta birra saiu-nos cara...


publicado por thestudio às 16:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 24 de Abril de 2007
Infestação de "intelectualóides" - Raquel Louçã Silva
A infestação de tudo o que é órgão de comunicação social por parte de "intelectualóides" da Esquerda Portuguesa é algo com que convivemos no nosso dia a dia. Eles são como os vírus: infiltram-se por todo o lado, multiplicam-se, ocupam os editoriais e as colunas de opinião, adoecem a comunicação social e acabam por matar a verdade.

Hoje vou falar sobre um agente infeccioso que dá pelo nome de Raquel Louçã Silva e que exerce o cargo de editora no jornal "Mundo Universitário", onde semana após semana faz propaganda em favor partido do tio.

A Raquel é uma gaja toda comestível (infelizmente não encontrei a sua foto online nem tive pachorra para digitalizar) "mentorada" pela dMpM da Rede Jovens Igualdade (Não sei o que significa exactamente "mentorar", presumo que seja alguma espécie de lavagem cerebral) e que insere @rrob@s de permeio nas palavras como qualquer activista que se preze.

Esta semana, como não poderia deixar de ser, a menina Raquel fala sobre o 25 de Abril e lamenta que " muit@s há que nem sabem bem do que se fala quando descobrem que o calendário aponta feriado a 25 de Abril ". Nesses muit@s inclui-se naturalmente a própria Raquel Louçã Silva que afirma "A revolução, em 1974, pôs cobro a um regime totalitário encabeçado por Oliveira Salazar".

Dado que a jovem Raquel tem pela frente um futuro auspicioso, embora não no jornalismo, o PXIX decidiu alertar a moça para os riscos que corre ao basear toda a sua cultura geral no Avante, no Esquerda.net e na revista Maria, bem como corrigir-lhe também este inopinado lapso. Eis o texto da missiva:

Cara Raquel

Antes de mais, gostaria de a felicitar pelo seu desempenho como Editora do Mundo Universitário. Não apenas pela qualidade dos seus artigos e pela pertinência dos temas que foca, mas sobretudo porque cabe a tod@s @s que dispõem desses meios, influenciar @s alun@s por forma a que estes tenham opiniões políticas correctas, respeitadoras dos Direitos Humanos e contra o Fascismo. Apenas um reparo, @s revolucionári@s do 25 de Abril não puseram cobro a um regime encabeçado por Oliveira Salazar. Salazar há muito que se havia retirado. Como sugestão, para ilustrar os efeitos do Salazarismo, sugiro-lhe que, por exemplo, compare o desempenho económico do país antes de Salazar, durante Salazar e depois de Salazar. Continuação de um bom trabalho.

PS: E já agora, a menina é toda jeitosa.


publicado por thestudio às 20:11
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Últimas do dia
José Sócrates assumiu e considerou um elogio ser apontado como o Tony Blair português em entrevista à revista francesa ‘Le Point’. “Tomo como um elogio”, afirmou José Sócrates.

Efectivamente, tanto Sócrates como Blair foram eleitos pela Esquerda e acusados de governar à Direita. Mas as semelhanças ficam-se por aí. Blair licenciou-se pela Universidade de Oxford, Sócrates pela Universidade Independente, Blair é inteligente...

------------------------------------------------------------------------------------------------------

Jerónimo de Sousa engasgou-se hoje quando instado a comentar o desaparecimento de Boris Iéltsin. "Faleceu hoje, não é a altura adequada para me pronunciar sobre o homem que destruiu a União Soviética". Os Comunistas continuam a sonhar com esse paraíso na Terra, no qual podiam enviar todos os "fássistas" para a Sibéria...


publicado por thestudio às 05:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 23 de Abril de 2007
Os esgotos da blogosfera - Kontratempos
kontratempos.jpg

Coube ao Kontratempos a honra de inaugurar esta nova rubrica "Os esgotos da blogosfera" no PXIX. Não sei quem é este Tiago Barbosa Ribeiro, mas o mínimo que se pode dizer é que não bate a bota com a perdigota. Isto já para não falar na sua fidelidade canídea a José Sócrates. Até o consigo imaginar, escrevinhando ao teclado do seu PC, abanando o rabo e com a língua de fora, enquanto defende José Sócrates com a abnegação de um Jorge Coelho e a sagacidade de um jogador de futebol.

O título "Os esgotos da blogosfera" define o blog Kontratempos na sua generalidade, mas não posso deixar de destacar uma pequena obra prima do Tiago sobre o caso UnIgate. Escreve ele:


Sobre o «caso» José Sócrates/UNI (...) chamar «factos» a tudo o que foi sendo dito e escrito é uma bonomia para identificar uma enxurrada de jornalismo de «investigação»

(...) agora é o director do Público que é apresentado como doutor sem que tenha concluído qualquer licenciatura


Há entre os dois casos umas pequenas diferenças.

No primeiro caso há toda uma panóplia de trapalhadas, incluindo documentos falsos, documentos que desapareceram, reitores que não são reitores, cadeiras feitas por fax, suspeitas ou evidências de favorecimento e por fim muitas contradições, ou mentiras como se preferir, por parte do Primeiro Ministro.

No segundo caso há quem apresente o director do Público como "Dr." por uma questão de cortesia, como aliás é hábito em certos meios.

Não de somenos importância, José Sócrates desempenha o cargo de Primeiro Ministro, e em democracia representa os Portugueses. Quanto ao cidadão José Fernandes, para a nação, é irrelevante que o apresentem como "Dr." ou não.


publicado por thestudio às 19:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Gato Ex-Comunento vetado pela JCP
Ricardo.jpg

Na transacta semana, fomos presenteados com mais um rocambolesco episódio envolvendo os irreverentes jovens Esquerdistas deste país. Dado que há várias versões do sucedido e todas elas contraditórias, torna-se difícil apurar o que realmente aconteceu. No entanto, terá sido qualquer coisa como o seguinte:

Ao que parece, é usual que um jovem discurse no 25 de Abril, sendo esse jovem escolhido por uma míriade de organições juvenis Esquerdistas, sendo todas as organizações juvenis de Direita democraticamente excluídas do processo.

Segundo parece, os Jovens Socialistas terão proposto para orador o Gato Fedorento Ricardo Araújo Pereira, nome com o qual concordo inteiramente pois trata-se de um completo mentecapto que personifica na perfeição o espírito de Abril.

Porém, e apesar de possuir o perfil ideal, o jovem Ricardo tem uma mancha no seu currículo revolucionário: começou a apreciar restaurantes caros e roupa de marca, tomou consciência que a sua militância no PCP não favorecia a sua imagem, e acabou por abandonar o partido ao mesmo tempo que piscava o olho aos betinhos do Bloco.

Se um partido democrático como o PCP dispussesse dos meios adequados, a esta hora, o mais provável, seria que um dissidente como o Ricardo se encontrasse já a repousar ali para os lados da Ajuda ou do Alto de São João. Assim e dadas as limitações de meios, a JCP indicou o nome do jovem Pedro Frias, apoiado também pela Ecolojovem e pela InterJovem (não é a claque do Inter de Milão mas sim a da Inter Sindical).

Assim o imbróglio terminou com um empate: 3 votos para Pedro Frias (JCP, EcoloJovem e InterJovem) e 3 votos para Ricardo Pereira (JS, BE e UGT que à boa maneira de Sócrates se limitou a uma participação espiritual). Até ver, este ano nenhum jovem irá dizer disparates no dia 25 de Abril.


publicado por thestudio às 17:02
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quinta-feira, 19 de Abril de 2007
Votação Insurgente
insurgente.jpg

Resultado parcial da votação levada a cabo no blog "O Insurgente"


publicado por thestudio às 19:20
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

Novela “As aventuras do bacharel Pinóquio na Independente” – Episódio do dia
pinoquiosocial.jpg
O bacharel José Sócrates


O grande acontecimento do dia foi a conferência de imprensa, que prometia ser bombástica, dos responsáveis pela Universidade Independente. Agendada inicialmente para ontem, foi adiada para hoje às 18.00. Por motivos de força maior não especificados, foi de novo adiada para as 20.00, hora de abertura dos telejornais. E às 20.00 o país assistiu em directo a uma patética conferência de imprensa, que pouco mais foi que bajular o Primeiro Ministro e pedinchar o não encerramento da universidade. De bombástico, só mesmo o disparatado da conferência.


Soube-se hoje que António Morais, professor de quatro das cinco cadeiras de Sócrates na Independente, e levado por Armando Vara para o Governo, entregou a Fernando Pinto de Sousa, pai de José Sócrates, a construção e fiscalização do quartel da GNR de Castelo Branco em 2000. Recorde-se que Armando Vara é uma das duas figuras públicas licenciadas na Independente.


A cadeira de Inglês técnico, cujo trabalho que ocupa três folhas A4 e que foi enviado por fax a partir do Ministério do Ambiente para o reitor da Universidade Independente, contém 19 erros que o reitor não descortinou. Recorde-se que o reitor elogiara os conhecimentos de Sócrates em Inglês técnico, comentando que Sócrates devia ter tido alguma namorada Inglesa. Pelos vistos tiveram os dois a mesma namorada. E já agora, as secretárias do Ministério do Ambiente deviam começar a usar corrector ortográfico.


A data inscrita neste documento é de 26/8/1996. É portanto posterior ao certificado de Licenciatura a um Domingo que Sócrates e a Uni dizem ser verdadeiro e anterior ao certificado existente na câmara da Covilhã, que segundo dizem os responsáveis é falso.


http://grandelojadoqueijolimiano.blogspot.com/2007/04/o-exame-de-ingls-tcnico.html


José Sócrates afirmara na sua entrevista à RTP que escolhera a Universidade Independente por ser uma universidade de prestígio e por ser junto ao ISEL. Efectivamente as actuais instalações da UnI são junto ao ISEL, mas segundo reporta António Balbino Caldeira no Portugal Profundo, a Universidade só mudou para as actuais instalações já em 1996, localizando-se a 4 Km de distância durante a maior parte do tempo em que Sócrates foi aluno. Para nem saber onde era a universidade, é porque provavelmente Sócrates nem meteu lá os pés.

http://doportugalprofundo.blogspot.com/


publicado por thestudio às 01:18
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 18 de Abril de 2007
Adivinhem quem é colunista no Correio da Manhã
Quando no pretérito mês de Fevereiro se anunciou que o então director do Correio da Manhã, João Marcelino, iria assumir a função de director no Diário de Notícias, a Esquerda Portuguesa entrou em ebulição. O Diário de Notícias, esse centro de acolhimento de acólitos Esquerdistas, corria o risco de se tornar num pasquim de Extrema Direita, desses que até publicam notícias de crimes, qual Correio da Manhã.

Pouco mais de um mês depois, um novo golpe: José Medeiros Ferreira e Joana Amaral Dias, dois esforçados camaradas, fazem parte do conjunto de colunistas dispensados pelo jornal de João Marcelino. Caiu o Carmo e a Trindade: “É o Avante da Direita” vociferava-se no Arrastão.

Alguns dias depois eis que... surpresa das surpresas... adivinhem quem é o, ou melhor “a”, nova colunista desse “pasquim de Extrema Direita”, Correio da Manhã de seu nome... conseguem adivinhar?


joaninha.jpg


Sinceramente, esta moça tem tanta facilidade a conseguir uma posição de colunista em diferentes jornais, como o José Sócrates a completar cadeiras na Universidade Independente.

Oh Joaninha, lá no partido já sabem que és colunista no Correio da Manhã?


publicado por thestudio às 00:26
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

Terça-feira, 17 de Abril de 2007
UnIgate (3) :
José Sócrates terá feito a cadeira de Inglês Técnico ­– uma das cinco que realizou na Universidade Independente para concluir a licenciatura em Engenharia Civil – através de um pequeno trabalho entregue numa folha A4, que fez chegar ao reitor acompanhado de um cartão do seu gabinete de secretário de Estado.

O cartão e a folha A4 foram encontrados no processo do aluno José Sócrates pela nova equipa que está à frente da Universidade Independente.

O SOL apurou que está previsto estes dois documentos serem apresentados durante a anunciada conferência de imprensa da nova direcção, com a indicação de que o dossiê escolar de Sócrates, nesta cadeira, não contém qualquer outro elemento de avaliação.



Terá sido José Sócrates ou a sua secretária quem preencheu a folha A4?

Terá sido a folha A4 ou o cartão do seu gabinete de secretário de Estado que valeu a cadeira?

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Politica/Interior.aspx?content_id=29897


publicado por thestudio às 18:07
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Será a cultura de gangs responsável pelo aumento da criminalidade violenta?
As notícias de hoje dão conta de um novo e significativo aumento da criminalidade violenta, a qual começa a atingir proporções preocupantes em Portugal. Este facto não deixa de ser surpreendente, se atendermos a que nunca se viveu tão bem em Portugal como hoje, e que nunca se gastou tanto dinheiro em apoio social aos mais desfavorecidos. Afinal, quais as causas para este gradual aumento da criminalidade violenta de ano para ano?

Uma teoria difusa e raras vezes materializada associa a criminalidade violenta à imigração, e em particular à imigração proveniente de África. Os responsáveis pela criminalidade violenta não serão os imigrantes originais, mas sim os imigrantes de segunda geração, sobretudo os mais jovens. Desenraizados, fazendo parte de famílias numerosas e frequentemente recebendo dos pais uma educação pouco cuidada, estes jovens sentem pouca motivação em competir por um emprego. Além disso, não estão também dispostos a fazer os sacrifícios a que os seus pais se sujeitaram, nem a abdicar de determinados bens numa sociedade consumista, mergulhada em publicidade, e na qual esses bens são também um símbolo de “status” social. Se a tudo isto somarmos uma sociedade complacente para com eles e sempre disposta a compreender os seus desmandos, é natural que estes jovens enveredem por um outro caminho, associado à cultura dos “gangs”, original das comunidades negras dos Estados Unidos e importada para a Europa.

Esta visão não é no entanto a única, nem talvez a dominante. Uma visão diametralmente oposta constitui geralmente o “mainstream” na comunicação social. Nesta segunda perspectiva, os jovens imigrantes Africanos de segunda geração não são sequer responsáveis por um número de crimes violentos acima da média. É a nossa percepção natural para responsabilizar “os outros” que nos leva de forma inconsciente a adicionar selectivamente à nossa “base de dados” os crimes cometidos pelos “outros”, e a esquecer os restantes, cometidos pelos “nossos”. Assim, os crimes cometidos pelos “outros” acumulam-se e temos a falsa percepção que são eles os responsáveis pela grande maioria dos crimes. Tudo se resume portanto a uma questão de preconceitos nossos, dos quais normalmente nem sequer nos damos conta.


Qual das duas perspectivas mais se ajusta à realidade? Para avaliar com maior rigor esta questão podemos recorrer à analise da situação em outros países, nos quais estas comunidades se encontram radicadas há mais tempo, e em particular ao caso do Reino Unido onde existem dados estatísticos sobre a criminalidade.

Um relatório sobre a criminalidade na Grande Londres foi compilado pela força de elite da Polícia Metropolitana e entregue ao “mayor” da cidade, Ken Livingstone em 2003. Este confessou não ter acreditado nos números da primeira vez que olhou para eles: A probabilidade de um indivíduo negro cometer um crime é 3.000% (três mil por cento) superior à probabilidade de um indivíduo de outra raça cometer esse crime.

Desde então a situação tem-se agravado e na passada semana estalou mais uma polémica: O Primeiro Ministro Tony Blair, um modelo de correcção política, não foi parco em palavras e identificou a criminalidade violenta dos jovens negros como sendo um problema específico associado a esta comunidade. Estas palavras seguiram-se ao sétimo assassinato de um adolescente com menos de 16 anos em cerca de dois meses.
Tony Blair afirmou ainda ser necessário abandonar o “Politicamente Correcto” pois os crimes não irão parar se se continuar a fazer de conta que não são os jovens negros os responsáveis por eles.

Por cá, o debate sobre o aumento da criminalidade é tema “tabu” e continua adiado, vítima de uma censura ou auto-censura que em teoria não existe mas que na prática existe. E quem se aventurar a falar sobre o tema, arrisca-se a uma passagem à reforma compulsiva, como sucedeu com António Ramos e António Cartaxo, membros do Sindicato da Polícia.

Links:

http://www.therockalltimes.co.uk/2003/04/28/livingstone-pledges.html

http://www.guardian.co.uk/frontpage/story/0,,2055148,00.html

http://www.brisbanetimes.com.au/news/world/blair-points-to-black-culture-in-knife-gun-murders/2007/04/12/1175971243691.html


publicado por thestudio às 00:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 16 de Abril de 2007
Portugal tem um rumo
socrates4.jpg

Polícia Judiciária: Criminalidade cada vez mais violenta
Raptos, sequestros e roubos em escalada


A criminalidade violenta está a atingir proporções preocupantes. De acordo com os últimos dados oficiais da PJ, o número de inquéritos relativos a crimes que pressupõem o uso de violência, como raptos, sequestros e tomada de reféns, subiu 14 por cento entre 2005 e 2006.

Era bom que o Governo explicasse este rumo...

http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?id=238705&idselect=9&idCanal=9&p=200


publicado por thestudio às 19:10
link do post | comentar | favorito

A face da Extrema Esquerda Portuguesa
Um dos comentaristas deste blog, é a verdadeira face da Extrema Esquerda em Portugal. Pode ler-se nos seus comentários,

Foram as FPs 25 que tentaram por um meio legítimo libertar este povo (...) segundo uma concepção de guerrilha anti-capitalista, anti-burguesa

PS:mete a democracia parlamentar e a liberdade de expressão da europa ocidental e da américa no cu


É bom ser-se claro. Assim todos sabemos como pensam. Por falar em FP 25, alguém sabe em que partido começado por "bloco" andam agora esses terroristas?


publicado por thestudio às 04:21
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Notícias de fim de semana
1. Foram detidos três dos envolvidos no assalto à bomba de gasolina em Benavente que terminou em homicídio. Ficámos também a saber que o grupo já fora responsável por vários assaltos violentos e que a identidade dos indivíduos era conhecida.

Afinal, o que faziam cá fora esses indivíduos? As autoridades não deveriam também ser responsabilizadas pelo que aconteceu? E se, como suspeito dada a participação do SEF nas buscas, entre eles se encontravam estrangeiros, o que faziam estes em Portugal?


2. Na passada semana uma mulher foi atropelada mortalmente no Algarve. Segundo testemunhas, um automóvel que se deslocava a grande velocidade e aos zigue zagues saíu da estrada tendo colhido a mulher que se encontrava no passeio e que terá voado até uma altura superior a dois metros. A mulher encontrava-se a duas semanas de dar à luz. O parto, realizado com a mulher já cadáver, permitiu ainda salvar o bebé, mas este acabaria por também não resistir e morreu dois dias depois. O homicida, um imigrante proveniente do Bangla Desh, confessa que bebeu um whisky antes de conduzir e garante que não se recorda de nada do que aconteceu. No dia em que a mulher foi a enterrar o homicida continuava em liberdade e provavelmente a conduzir.

Mais um dos imigrantes que connosco constroem dia a dia o país. Dado que fugiu e não fez teste de alcoolemia, o mais provável é que nem sequer lhe tirem a carta. Pode ser que atropele mais alguém.


3. Uma acção policial em alguns bares de Armação de Pera encontrou dezenas de imigrantes ilegais, vários dos quais já haviam recebido ordem para abandonar o país, evidentemente não acatada.

Se numa noite vulgar, numa pequena vila se encontram dezenas de ilegais pelos bares, imagine-se por todo o país. Quando vamos seguir o exemplo dos países mais desenvolvidos, como a Noruega número 1 em Índice de Desenvolvimento Humano, onde os ilegais são metidos em aviões em vez de se lhes pedir que abandonem livremente o pais?


4. Um "jovem" sem carta de condução nem documentos do veículo que conduzia, fugiu a uma operação policial na ponte 25 de Abril, tendo sido perseguido pela polícia e por uma equipa de filmagem da TVI. A perseguição que só terminou em Setúbal quando o "jovem" se despistou e tentou posteriormente fugir a pé. Entretanto quase provocou vários acidentes na auto-estrada e já na cidade de Setúbal onde conduziu a contra-mão e passou vários sinais vermelhos.


publicado por thestudio às 04:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Andam a tentar lixar a Independente...
Lê-se hoje no Portugal Diário,

"A Universidade Independente (UnI) «estranha» versões diferentes dos certificados de habilitações de José Sócrates e admite «falsificação de documentos com o objectivo de denegrir a imagem da instituição», disse à Lusa a assessora da UnI."

Isto não se faz: Alguém anda a tentar denegir a boa imagem que a Universidade Independente tem perante a opinião pública.

(...) a existência no certificado de habilitações de José Sócrates da data de 1996 num papel timbrado posterior a 1999, o que levantou dúvidas quanto à sua autenticidade.

Levantou dúvidas? Mas quem tem dúvidas sobre a autenticidade de um documento datado de 1996 em papel timbrado posterior a 1999?

«À primeira pode ser um erro, à segunda pode ser sobrecarga de trabalho [dos serviços da universidade], à terceira é muito estranho», disse este domingo à Lusa a assessora Maria João Barreto.

Também acho muito estranho. Aliás só vejo duas explicações possíveis para o sucedido: Ou José Sócrates não fez cadeira nenhuma, ninguém na UnI sabe que notas ele supostamente teve, e cada diploma sai com notas diferentes (Sócrates devia continuar a pedir diplomas, com um pouco de sorte talvez ainda lhe saísse algum diploma com média de 18), ou então alguém se fez passar por funcionário da secretaria da UnI e andou a passar diplomas falsos com o intuito de denegrir a imagem de uma Universidade tida em tão boa conta que até o Primeiro Ministro a escolheu para concluir a sua licenciatura.


publicado por thestudio às 02:49
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 13 de Abril de 2007
Bofetada de luva branca
outdoor1.jpg

Em Democracia, as ideias não se censuram.
Em Democracia, as ideias não se ilegalizam.
Em Democracia, não se persegue quem tem ideias diferentes.
Em Democracia, os cartazes não se vandalizam.
Em Democracia, não se arregimentam humoristas de intervenção para silenciar ideias.
Em Democracia, as ideias discutem-se.

O PNR acaba de dar uma lição de Democracia à Esquerda Portuguesa


publicado por thestudio às 04:20
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

UnIgate (3): Sócrates tem um diploma de licenciatura falso
socrates3.gif

Sócrates soma e segue. Agora possui dois diplomas de licenciatura distintos, onde se certifica que Sócrates terminou o curso em datas distintas e nos quais consta que fez cadeiras diferentes. Um deles, pelo menos, é forçosamente falso. O aspecto positivo, é que num dos certificados, Sócrates não concluiu o curso num Domingo.



"José Sócrates possui dois certificados de licenciatura na Universidade Independente (UnI). Um, diz que o primeiro-ministro acabou a licenciatura a 8 de Setembro de 1996. O outro, que consta no ficheiro pessoal de Sócrates na Câmara Municipal da Covilhã (CMC), foi emitido em 26 de Agosto de 1996 e atesta que o chefe do Executivo acabou a licenciatura em 8 de Agosto do mesmo ano.

As diferenças entre ambos não se ficam por aqui. O certificado que se encontra na CMC atesta que o primeiro-ministro teve equivalências a 24 cadeiras e que realizou sete na UnI. São elas Inglês Técnico, Computação Numérica, Análise de estruturas, Betão Armado e pré-Esforçado, Investigação Operacional, Estruturas Operacionais e Projecto e Dissertação.

No segundo certificado, o chefe do Executivo teve equivalências a 27 cadeiras e fez cinco durante o ano lectivo na Independente. Às cadeiras de Computação Numérica e Investigação Operacional Sócrates terá tido equivalência, ao contrário do que atesta o primeiro certificado.
"

http://www.tvi.iol.pt/informacao/noticia.php?id=797154


publicado por thestudio às 04:00
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 12 de Abril de 2007
UnIgate (2) : Engenharia em Inverdades
socrates_bi.jpg

Há dias, quando confrontado pelos jornalistas do Público, o nosso Primeiro Ministro afirmou não se recordar de quem teriam sido os seus professores na Universidade Independente.


Aparentemente estaria a mentir, pois...


Ontem já se lembrava perfeitamente de quem foram os seus professores na Independente. Quase parecia que os conheceu durante toda a vida... mas assegurou que apenas os conheceu quando chegou à Independente.


Aparentemente estaria a mentir, pois...

O militante Socialista António José Morais, o tal professor que lhe deu 4 das 5 cadeiras na Independente já fora seu professor no ISEL.

(http://doportugalprofundo.blogspot.com/2007/04/antnio-jos-morais-foi-professor-de.html)


Perante tudo isto, tive que reduzir o tamanho do nariz de José Sócrates, para que pudesse caber na imagem.


publicado por thestudio às 18:40
link do post | comentar | favorito

Contacto

 thestudio@sapo.pt

pesquisar
 

PARTIDOS DEMOCRÁTICOS PORTUGUESES:

_______

 BLOGS

Abrupto
Anjos e Demónios
Arrastão
Atlantys

 

Biblioteca de Babel
Bichos Carpinteiros
Biodesagradaveis
Blasfémias
Blog Anti blog
Boas intenções

 

Causa Nossa
Cegos Surdos e Mudos
Cinco Dias
Confraria do Atum

 

Demokratia
Diário de uma Boa Rebelde
Do Portugal Profundo

 

Faccioso

 

Gengibre Lilás
Grande Loja do Queijo Limiano

 

Império Lusitano
Impertinências
It's a Perfect Day Elise

 

Jardim do Arraial

 

Legião Invicta
Letras com Garfos
Lusitânia 88

 

Máquina Zero

 

Nova Frente

 

Observatório da Jihad
O Carvalhadas
O Crepúsculo
O Comunista
O Fogo da Vontade
O Insurgente
O Número Primo
O Triunfo dos porcos
O Velho da Montanha

 

Pena e Espada
Pictured Words
Política Maluca
Portvgvesa
Propriedade Privada

 

SG Buiça
Soberania e Nacionalismo
Some like it hot

 

The Flying Circus
Tomar Partido 2
Trinta e um da Armada

 

Último Reduto

 

REST IN PEACE
All pigs must die
Batalha final
Blog17
Blog Anti-Anacleto
Demokratia (antigo)
Dextera Vox
Galeria dos Horrores
O Número Primo (antigo)
Semiramis
Tomar Partido
posts recentes

...

Melhor marcador do Euro 2...

Euro 2012 odds

Xadrex Comb. (1)

A um amigo que discorda (...

Aventuras do Eng. Pinóqui...

Hello Boys !!

Assim vai Portugal

Acampamento de jovens do ...

Coincidências

arquivos

Junho 2012

Junho 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários