Sábado, 28 de Janeiro de 2006
Digestão Difícil
Os fieis seguidores de Trotsky ainda não conseguiram digerir o resultado das recentes eleições presidenciais. Para eles a luta continua, e para eles a luta consiste em denegrir a imagem dos opositores, usando o velho método de combate político de tentar associar a imagem dos opositores à Extrema-Direita.

Numa compilação de disparates que ela própria gostaria de ter escrito, Joana Amaral Dias, membro da direcção do BE e apoiante de Mário Soares, encontrou (e transcreveu para o seu blog) quem rotulasse Manuel Alegre de “Ultranacionalista” e Cavaco Silva de “Salazarento”.</p>

O segundo caso,um texto de Carlos Morais José in  Jornal Hoje Macau 20 de Janeiro de 2006, é um verdadeiro exercício de desonestidade intelectual. Falando longo tempo alternadamente de Salazar e de Cavaco Silva embora sem os relacionar, o autor pretende associar a imagem de Cavaco à de
Salazar no subconsciente do leitor, sem que este disso se aperceba. Mais tarde
equipara então Cavaco a Salazar num exercício de retórica, o qual, bem
espremido, mostra apenas que o único ponto em comum que Carlos Morais encontra
entre ambos os estadistas, é o facto de ambos terem desempenhado papeis de grande
destaque no governo de Portugal. Mas para quem é, bacalhau basta.



publicado por thestudio às 19:12
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 26 de Janeiro de 2006
A Joana e os resultados das presidenciais
joanamaraldias.jpg

A mandatária para a juventude da candidatura de Mário
Soares e membro da direcção do Bloco de Esquerda, Joana Amaral Dias,
pronunciou-se finalmente no seu blog “Bichos carpinteiros” sobre os resultados
das eleições presidenciais. Os leitores do referido blog, que ao longo da
campanha eleitoral acompanharam o ritmo frenético a que os textos sobre Cavaco
Silva se sucediam, terão certamente estranhado tão prolongada ausência de textos
da Joana. Há porém duas razões triviais que podem explicar tal ausência: Por um
lado, poderia ser cansaço provocado pelo alucinante ritmo a que a Joana escreveu
sobre Cavaco Silva no período que precedeu as eleições, ou então, poderia mais
simplesmente estar a digerir um grande melão que comeu no Domingo à noite.



Decididamente, a Joana não consegue compreender como é que
havendo dois candidatos tão bons, Mário Soares e Francisco Louçã, o eleitorado
foi votar em Cavaco Silva, Manuel Alegre e até mesmo no comunista Jerónimo de
Sousa. Felizmente que Garcia Pereira se candidatou à última hora, e a esse,
Soares e Louçã não deram a mais pequena chance.



A Joana começa por citar o dirigente do BE Fernando Rosas,
que na sua crónica no “Público” explicou que “a vitória estava perfeitamente ao
alcance da Esquerda
”. Refira-se que a verdadeira vocação de Rosas talvez nunca
tenha sido a de político, mas sim a de treinador de futebol, atendendo à
naturalidade com que explica como é que a sua equipa acabou goleada depois de
ter a vitória perfeitamente ao seu alcance.



Posteriormente, na sua profunda análise, a Joana encontra
as causas para os sucessos de Alegre e Cavaco. Alegre teve sucesso porque falou
e Cavaco teve sucesso porque não falou. Passo a citar, “Manuel Alegre seduziu
votos do PS, do CDS, do BE e de cidadãos descrentes
” e estes “foram na cantiga
de Alegre
”. Mas que grande malandro! Já Cavaco Silva “fez o acomodamento final
na sua mudez
”. Outro grande malandro! Com candidatos assim, é perfeitamente
natural que Soares e Louçã não tenham tido quaisquer hipóteses.



Para terminar, sugiro à Joana que, se quiser ter sucesso na
sua carreira política, siga o exemplo de Cavaco Silva e fale o menos que puder.
É que em boca fechada não entra mosca.



publicado por thestudio às 04:34
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 24 de Janeiro de 2006
Eleições presidenciais - Vencedores e vencidos
getimage.jpg


GARCIA PEREIRA: 0,4% - VENCIDO




Nunca se compreendeu exactamente qual o papel que Garcia Pereira pretendeu desempenhar nestas eleições. Justificou a sua candidatura com o facto da candidatura de Mário Soares ser uma candidatura perdedora. Certo. Mas em que é que uma candidatura sua poderia alterar tal fatalidade? Teve 0,4% dos votos quando tivera 1,5% há cinco anos atrás e é portanto um claro perdedor.
Há no entanto a lamentar a forma como foi claramente discriminado e prejudicado pela Comunicação Social, de uma forma que não é admissível numa democracia séria.



Louca.jpg


FRANCISCO LOUÇÃ: 5,3% - VENCIDO




O demagogo Francisco Louçã foi outro dos grandes derrotados da noite. Falhou o seu primeiro objectivo, impedir a vitória de Cavaco Silva, falhou o seu segundo objectivo, conseguir o apuramento para a segunda volta, e ainda ficou claramente atrás do candidato Estalinista, Jerónimo de Sousa. Como se não bastasse, ainda desceu em cerca de 1% a votação conseguida pelo Bloco de Esquerda (cerca de 6,3%) nas últimas legislativas. Cumpriu ainda assim os seus dois objectivos inconfessos, o de angriar receitas para o seu partido e o de perfumar diariamente os telejornais com a sua retórica e o seu populismo demagógico.


jeronimo.jpg


JERÓNIMO DE SOUSA: 8,6% - VENCEDOR




Jerónimo de Sousa é claramente um dos vencedores da noite. Não apenas travou a queda gradual das votações comunistas como ainda ganhou simpatias e subiu cerca de 1% em comparação com a votação da CDU nas últimas legislativas. No confronto directo com o candidato Trotskista, venceu com grande vantagem. É certo que não conseguiu evitar a vitória de Cavaco Silva, mas também é certo que tal responsabilidade não lhe pode ser imputada.



soares10.jpg


MÁRIO SOARES: 14,3% - VENCIDO




A campanha suicida de Mário Soares valeu-lhe uma dupla derrota. Foi esmagado por Cavaco Silva e foi esmagado pelo enjeitado do PS, Manuel Alegre. Os 14% conseguidos por Mário Soares corresponderão a pouco mais que ao aparelho do PS, o que é esclarecedor quanto à nulidade do candidato. Alguém com um passado como o seu escusava de terminar a sua carreira desta forma humilhante, e se o candidato já não possuia lucidez para efectuar uma avaliação correcta das suas actuais capacidades, alguém o deveria ter feito por ele.



alegre.jpg


MANUEL ALEGRE: 20,7% - VENCEDOR




Manuel Alegre, apesar de não contar com o apoio de nenhuma máquina partidária, foi por uma larga margem o candidato mais votado da Esquerda, o que só por si constitui uma grande vitória. Não conseguiu chegar à segunda volta com Cavaco Silva, mas o seu verdadeiro desafio era contra Soares... e ganhou.



cavaco.jpg


CAVACO SILVA: 50,6% - VENCEDOR




Cavaco Silva obteve uma vitória esmagadora. Venceu em todos os distritos excepto Beja, e sozinho conseguiu mais votos que os restantes candidatos todos juntos. Se atendermos a que durante toda a campanha os seus adversários dispuseram de cinco tempos de antena para o atacar, e ele apenas de um, poderá concluir-se que Cavaco Silva obteve uma vitória em toda a linha.


publicado por thestudio às 01:37
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2006
Evolução Socialista
socialismo.jpg


publicado por thestudio às 22:34
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Contacto

 thestudio@sapo.pt

pesquisar
 

PARTIDOS DEMOCRÁTICOS PORTUGUESES:

_______

 BLOGS

Abrupto
Anjos e Demónios
Arrastão
Atlantys

 

Biblioteca de Babel
Bichos Carpinteiros
Biodesagradaveis
Blasfémias
Blog Anti blog
Boas intenções

 

Causa Nossa
Cegos Surdos e Mudos
Cinco Dias
Confraria do Atum

 

Demokratia
Diário de uma Boa Rebelde
Do Portugal Profundo

 

Faccioso

 

Gengibre Lilás
Grande Loja do Queijo Limiano

 

Império Lusitano
Impertinências
It's a Perfect Day Elise

 

Jardim do Arraial

 

Legião Invicta
Letras com Garfos
Lusitânia 88

 

Máquina Zero

 

Nova Frente

 

Observatório da Jihad
O Carvalhadas
O Crepúsculo
O Comunista
O Fogo da Vontade
O Insurgente
O Número Primo
O Triunfo dos porcos
O Velho da Montanha

 

Pena e Espada
Pictured Words
Política Maluca
Portvgvesa
Propriedade Privada

 

SG Buiça
Soberania e Nacionalismo
Some like it hot

 

The Flying Circus
Tomar Partido 2
Trinta e um da Armada

 

Último Reduto

 

REST IN PEACE
All pigs must die
Batalha final
Blog17
Blog Anti-Anacleto
Demokratia (antigo)
Dextera Vox
Galeria dos Horrores
O Número Primo (antigo)
Semiramis
Tomar Partido
posts recentes

...

Melhor marcador do Euro 2...

Euro 2012 odds

Xadrex Comb. (1)

A um amigo que discorda (...

Aventuras do Eng. Pinóqui...

Hello Boys !!

Assim vai Portugal

Acampamento de jovens do ...

Coincidências

arquivos

Junho 2012

Junho 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários