Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2007
Jornalismo de causas e jornalismo de referência
Daniel Oliveira está triste e apreensivo com a notícia de que João Marcelino, ex-director do Correio da Manhã, será o novo director do Diário de Notícias. Ter-se-á perdido um jornal de referência para se ganhar mais um jornal engajado à cartilha ideológica da direita mais agressiva, acusa num artigo intitulado “Mais um tablóide, mais um para a causa”.

Para aqueles que não sabem, o termo “tablóide” é um termo de origem inglesa que designa os jornais de folha curta, habitualmente mais sensacionalistas, por contraponto aos tradicionais jornais, mais sérios, e publicados em folha mais extensa. Este termo tornou-se posteriormente, embora de forma um tanto errónea, sinónimo de jornal sensacionalista. Os jornais sensacionalistas caracterizam-se pelo tipo de notícias que publicam, dando destaque muitas vezes a factos referentes à vida pessoal de figuras públicas mas com pouca relevância noticiosa, como por exemplo “ministro dormiu com a amante”. Manifestamente, o “Correio da Manh㔠não é um jornal deste tipo. Então porquê, classificá-lo como sensacionalista? Ignorância ou má fé?

Os jornais não são de Direita nem de Esquerda, quando muito, os jornalistas ou restantes membros da redacção podem ser de Direita ou de Esquerda. O Correio da Manhã, em particular, é um jornal muito comezinho. Publica um tipo de notícias específico no qual o leitor comum está interessado: a fábrica que vai fechar lá para o Norte, o assalto na rua do lado, o guindaste que caiu num bairro vizinho, o acidente que fez duas vítimas na auto-estrada. O Correio da Manhã é tão somente um retrato fiel do país. Não é pretensioso e parece completamente alheio a questões políticas. Então o que lhe vale o ódio de Daniel Oliveira e quejandos? A razão é simples: Os “Danieis” têm por hábito dissertar afincadamente sobre as grandes maravilhas que as “Covas da Moura” e o multiculturalismo trazem ao país. Porém, quando se abre o Correio da Manhã, constata-se que essas “Covas da Moura” e esse multiculturalismo são diariamente responsáveis por assaltos, tiroteios, arrastões, tráfico de droga, contrabando e tráfico de armas para ser sucinto. E assim, as convicções dos “Danieis” estão em flagrante contradição com a realidade. Dado que as suas convicções não podem ser alteradas, altere-se ou adultere-se a realidade.

E é aqui que o Diário de Notícias aparece como jornal de referência. Não é por nele termos o privilégio de ler as crónicas desses vultos da análise política que são uma Joana do Amaral Dias, uma Fernanda Câncio ou uma Ana Sá Lopes. Não, artigos de opinião são apenas artigos de opinião e são legítimos em qualquer jornal, por mais disparatadas que as opiniões possam ser. O Diário de Notícias é um jornal de referência porque é um instrumento de propaganda política no qual a propaganda é passada subliminarmente disfarçada sob a capa de notícias. É um jornal de referência porque a jornalista Céu Neves inventa que o relatório do EUCM (1) acusa Portugal de discriminar as minorias no acesso à habitação, o que é falso, mas que serve de pretexto para dar tempo de antena aos seus correligionários “Danieis”. É um jornal de referência porque serve de caixa de ressonância dos dislates da senhora deputada Helena Pinto. É um jornal de referência porque “ensina” aos seus leitores que a elevada votação no Professor Oliveira Salazar no concurso para “Melhor Português de Sempre” se deve a uma vaga de SMSs anónimos postos a circular por perigosos “fássistas”, e por aí diante. Aliás, quando o Daniel Oliveira classifica o DN como jornal de referência, penso que nem é preciso acrescentar mais nada.


(1)- Ler neste blog o artigo “Diário de Mentiras” publicado a 11 de Dezembro de 2006


publicado por thestudio às 23:16
link do post | comentar | favorito

Contacto

 thestudio@sapo.pt

pesquisar
 

PARTIDOS DEMOCRÁTICOS PORTUGUESES:

_______

 BLOGS

Abrupto
Anjos e Demónios
Arrastão
Atlantys

 

Biblioteca de Babel
Bichos Carpinteiros
Biodesagradaveis
Blasfémias
Blog Anti blog
Boas intenções

 

Causa Nossa
Cegos Surdos e Mudos
Cinco Dias
Confraria do Atum

 

Demokratia
Diário de uma Boa Rebelde
Do Portugal Profundo

 

Faccioso

 

Gengibre Lilás
Grande Loja do Queijo Limiano

 

Império Lusitano
Impertinências
It's a Perfect Day Elise

 

Jardim do Arraial

 

Legião Invicta
Letras com Garfos
Lusitânia 88

 

Máquina Zero

 

Nova Frente

 

Observatório da Jihad
O Carvalhadas
O Crepúsculo
O Comunista
O Fogo da Vontade
O Insurgente
O Número Primo
O Triunfo dos porcos
O Velho da Montanha

 

Pena e Espada
Pictured Words
Política Maluca
Portvgvesa
Propriedade Privada

 

SG Buiça
Soberania e Nacionalismo
Some like it hot

 

The Flying Circus
Tomar Partido 2
Trinta e um da Armada

 

Último Reduto

 

REST IN PEACE
All pigs must die
Batalha final
Blog17
Blog Anti-Anacleto
Demokratia (antigo)
Dextera Vox
Galeria dos Horrores
O Número Primo (antigo)
Semiramis
Tomar Partido
posts recentes

...

Melhor marcador do Euro 2...

Euro 2012 odds

Xadrex Comb. (1)

A um amigo que discorda (...

Aventuras do Eng. Pinóqui...

Hello Boys !!

Assim vai Portugal

Acampamento de jovens do ...

Coincidências

arquivos

Junho 2012

Junho 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post