Quarta-feira, 7 de Março de 2007
José Júdice, um homem de princípios
JumentoJudice.jpg

Não tencionava escrever muito mais sobre a questão do Museu do Estado Novo que se propõe ser criado em Santa Comba Dão, mas vejo-me forçado a voltar a este tema, desta vez devido ao editorial publicado no “Metropoint”, da autoria de José Júdice. Os quadrúpedes propriamente ditos que me desculpem, mas este jumento do José Júdice, aparentemente também vive com umas palas nos olhos. Apesar de toda a comunicação referir que se terão juntado cerca de oitocentos populares, e que não foi visto qualquer elemento de Extrema Direita em Santa Comba Dão, José Júdice, em artigo de opinião, discorre sobre “algumas dezenas de jovens idiotas neo-salazaristas com ideias neo-nazis” que em sua opinião se opuseram aos “idosos da União de Resistentes Anti-Fascistas”. A este propósito, decidi enviar ao senhor José Júdice, editor do Metropoint, o seguinte texto:

Caro sr. José Júdice,

Li o seu editorial “A segunda vida de Salazar” publicado hoje no jornal Metropoint, e no qual expõe a sua opinião sobre os eventos ocorridos no passado fim de semana em Santa Comba Dão. A respeito de este editorial, se me é permitido, gostaria de lhe colocar três questões.

Segundo afirma, “Umas dezenas de jovens idiotas neo-salazaristas” de “ideias neo-nazis” ter-se-ão oposto aos “idosos da União de Resistentes Anti-Fascistas”, separados por um cordão da GNR. Os factos sobre os quais o sr. José Júdice discorre são porém bastante distintos dos factos descritos por toda a comunicação social. Segundo a comunicação social, não terão sido “algumas dezenas” mas sim cerca de oito centenas, não terão sido jovens mas sim pessoas de todas as idades, e não terão sido neo-nazis mas sim populares. Passo a transcrever “não foi notada na cidade a presença de quaisquer grupos ou elementos de extrema-direita”. Conclui-se portanto, que os factos sobre os quais o sr. José Júdice emite a sua abalizada opinião, têm tanto de verídico como a história da Carochinha. Não se trata de um simples exercício de desonestidade intelectual ou de uma simples adulteração de factos. Trata-se de uma invenção pura e simples.
A primeira pergunta que gostaria de lhe colocar é então a seguinte: Considera que o editor de um jornal deve exercer o seu cargo com um mínimo de honestidade e de idoneidade, ou considera que pode inventar tudo o que lhe apetecer, apresentando os produtos dessas invenções como algo que realmente aconteceu, desde que satisfaça as suas posições ideológicas?

Afirma no mesmo editorial que existe um conluio a propósito da votação para o concurso de Melhor Português de Sempre, e que a votação estará a ser fraudulenta. Acredito que o senhor seja uma autoridade em fraudes eleitorais, dada a sua participação no programa Eixo do Mal. Mas, dado que o referido concurso está a ser auditado por uma entidade independente, gostaria que me esclarecesse quem está envolvido nesse conluio, como se processa a fraude e como teve conhecimento desses factos. Aliás, penso que deveria dar conhecimento da existência de tal fraude à Polícia Judiciária, pois tratando-se de uma fraude é certamente um acto ilegal.

Por fim, com todo o respeito democrático que lhe assiste pelas pessoas com opiniões políticas distintas das suas, apelida os “neo-salazaristas” de “idiotas”. Compreendo perfeitamente que alguém possa classificar como “idiota” qualquer simpatizante de alguém que defendeu regimes totalitários. A questão que gostaria de lhe colocar é se também trata por idiotas os seus amigos simpatizantes de facínoras como Trotsky ou Estaline.

Agradecendo antecipadamente as respostas,
Cumprimentos.


publicado por thestudio às 20:12
link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De leprechaun a 19 de Abril de 2007 às 13:21
Belíssima resposta e uma excelente missiva!!!

O problema é que o respeito pela verdade é muitas vezes posto de lado apenas para dar lugar às fantasias impostas pela ideologia. Ora a mentira apenas conduz ao descrédito de quem se serve dela, vide o que está a suceder com um PM que muito em breve por certo vai deixar de o ser!!!


De Srgio a 27 de Março de 2007 às 15:06
Mais uma vez: GENIAL! Continue com o bom trabalho, estarei sempre aqui a ver o blog e a divulgá-lo! Parabéns!


De Just a stupid person with an ideology a 12 de Março de 2007 às 11:53
Este blog foi-me recomendado. E como personna non grata de esquerda que sou - acrescido ao facto de ter sentido de humor e gostar de ouvir opiniões contrárias - acedi em vir dar uma espreitadela. Confesso que esperava melhor. Mas está bem escrito e tem alguma piada, que é o que se quer. Acredito que a violência se combate com violência (ui, sou mesmo uma extremista radical das beras) e, como tal, também virei aqui combater o humor com algumas graçolas, quando tiver inspiração para tal e conseguir encontrar um pc vago na faculdade. Cordialmente,


De Just a stupid person with an ideology a 12 de Março de 2007 às 11:31
Concordo totalmente com o facto de ser permitido às pessoas que expressem a sua opinião e desejos. A sério, se há realmente quem queira homenagear o Salazar, e que tenha saudades dos tempos em que o ditador mandava no país, acho que deve fazê-lo. Aliás, até se podiam fazer umas actividades muito divertidas para quem fosse visitar o museu, a saber:
1. Esculturas elaboradas com as unhas arrancadas aos resistentes;
2. Oferta das beatas dos cigarros utilizados pela polícia política (no corpo dos supracitados resistentes) aos perigosos militantes de esquerda, que são todos uns "drógados-toxicodependentes-charrados", assim deixavam de cravar às pessoas decentes;
3. Local para as crianças brincarem à "estátua mais bonita", para que vejam como era divertida a tortura da estátua.

E muito mais... Quem tiver mais ideias divertidas, colabore!

Não pensem, com isto, que acredito que a PIDE torturava as pessoas. Nada disso. O pessoal que era metralhado na rua estava mesmo a pedi-las: estava a impedir o trânsito; os cigarros eram apagados na pele dos presos porque havia falta de cinzeiros e os conscienciosos políticos não queriam (como qualquer pessoa decente) atira-los para o chão: não condenem os ecologistas!; o azeite a pingar era para temperar os ânimos; a pseudo-tortura do sono devia-se ao facto de não haverem pijamas suficientes para todos: «queriam deitar-se com a roupa de "sair", os porcos!».

As pessoas que supostamente morreram às mãos da polícia política que venham cá defender-se e prova-lo, não acredito no "diz que disse".

Tenho dito. Por agora. But "I'll be back" (embora não como governador da Califórnia, claro)


Comentar post

Contacto

 thestudio@sapo.pt

pesquisar
 

PARTIDOS DEMOCRÁTICOS PORTUGUESES:

_______

 BLOGS

Abrupto
Anjos e Demónios
Arrastão
Atlantys

 

Biblioteca de Babel
Bichos Carpinteiros
Biodesagradaveis
Blasfémias
Blog Anti blog
Boas intenções

 

Causa Nossa
Cegos Surdos e Mudos
Cinco Dias
Confraria do Atum

 

Demokratia
Diário de uma Boa Rebelde
Do Portugal Profundo

 

Faccioso

 

Gengibre Lilás
Grande Loja do Queijo Limiano

 

Império Lusitano
Impertinências
It's a Perfect Day Elise

 

Jardim do Arraial

 

Legião Invicta
Letras com Garfos
Lusitânia 88

 

Máquina Zero

 

Nova Frente

 

Observatório da Jihad
O Carvalhadas
O Crepúsculo
O Comunista
O Fogo da Vontade
O Insurgente
O Número Primo
O Triunfo dos porcos
O Velho da Montanha

 

Pena e Espada
Pictured Words
Política Maluca
Portvgvesa
Propriedade Privada

 

SG Buiça
Soberania e Nacionalismo
Some like it hot

 

The Flying Circus
Tomar Partido 2
Trinta e um da Armada

 

Último Reduto

 

REST IN PEACE
All pigs must die
Batalha final
Blog17
Blog Anti-Anacleto
Demokratia (antigo)
Dextera Vox
Galeria dos Horrores
O Número Primo (antigo)
Semiramis
Tomar Partido
posts recentes

...

Melhor marcador do Euro 2...

Euro 2012 odds

Xadrex Comb. (1)

A um amigo que discorda (...

Aventuras do Eng. Pinóqui...

Hello Boys !!

Assim vai Portugal

Acampamento de jovens do ...

Coincidências

arquivos

Junho 2012

Junho 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

blogs SAPO
subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post